China vai distribuir US$ 6,2 milhões em yuan digital em Pequim

Oferta faz parte de projeto do governo chinês de estimular os testes sobre a moeda digital no mercado local

O projeto de desenvolvimento do yuan digital, Moeda Digital de Banco Central (CBDC) chinesa, continua avançando e o governo do país está lançando outra loteria para estimular os testes em andamento. Desta vez na capital,  Pequim. O anúncio oficial, feito na terça-feira, 1, pela Administração e Supervisão Financeira Local de Pequim, explica que o governo vai distribuir 40 milhões de yuans digitais (cerca de US$ 6,2 milhões) para os residentes de Pequim, como parte de um novo teste piloto da CBDC.

O prazo para moradores de Pequim se inscreverem para participar da loteria vai até a meia-noite do dia 7 de junho, enquanto os vencedores poderão gastar seus prêmios até o dia 20 do mesmo mês. Ainda será permitido que os usuários recarreguem suas carteiras, caso queiram gastar um pouco mais de dinheiro. 

Como vai funcionar o Yuan Digital

A partir de junho, o programa apresenta “envelopes vermelhos”,  uma forma tradicional de presentear dinheiro, com cada um oferecendo uma carteira online gratuita contendo 200 yuans digitais (US$ 31).

Os envelopes serão distribuídos a 200 mil ganhadores da loteria, que devem baixar um aplicativo para usar seus prêmios entre os cerca de dois mil comerciantes cadastrados na cidade.

Para se cadastrar, os consumidores podem usar dois aplicativos bancários: o Mobile Banking da China e o ICBC Mobile Banking.

China avança na criação da CBDC

A China é o país mais avançado no desenvolvimento de uma CBDC. O governo chinês realizou várias doações digitais em yuans em outras cidades, como  Shenzhen. Essas loterias pretendem ajudar o Banco Popular da China (PBoC) a testar a moeda digital do país depois que o banco central lançou os primeiros testes digitais do yuan em abril de 2020.

A estimativa é de que a China já tenha doado até 150 milhões de yuans digitais (US$ 23,5 milhões) para promover o uso da moeda digital como parte dos testes no final de março. O PBoC também quer permitir que atletas e visitantes estrangeiros usem o yuan digital durante as Olimpíadas de Inverno de Pequim em 2022.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes