Mercado de ações: guia básico para investir com segurança

Para começar a investir e traçar estratégias eficientes é preciso entender o funcionamento desse ambiente.

É possível entrar no mercado de ações investindo valores baixos. Além de ter chances de obter uma boa rentabilidade a longo prazo. Entretanto, para começar a investir e traçar estratégias eficientes é preciso entender o funcionamento desse ambiente.

A consultora financeira Nathally Dantas explica que é essencial observar o momento do mercado financeiro e pesquisar sobre as empresas que se deseja investir. Bem como ter em mente os riscos envolvidos, por exemplo, pelas oscilações de preços na bolsa de valores.

O que é o mercado de ações?

O mercado de ações é o movimento de compra e venda de “partes” de empresas. Desse modo, as ações se caracterizavam como as menores frações do capital dessas organizações. Dantas explica que funciona como um comércio, no qual se negociam diferentes produtos. Quem compra uma ou mais ações se torna acionista de uma empresa. Assim sendo, se beneficia por seus lucros e sofre impactos de desvalorizações.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Haja vista que o mercado de ações se influencia por acontecimentos políticos e econômicos, é importante estar atento ao noticiário.

O que é a bolsa de valores?

É na bolsa de valores que ocorrem as negociações referentes ao mercado de ações. Trata-se de um ambiente em que investidores compram e vendem esses papéis. No Brasil, temos a B3, que conta com mais de 2,8 milhões de pessoas físicas cadastradas. Na maior parte dos casos, as negociações na B3 ocorrem de forma online, das 10h às 17h00, de segunda à sexta-feira.

Ao passo que, a bolsa brasileira tem como índice o Ibovespa. Ele mensura o desempenho das ações mais negociadas nos meses anteriores. Se o Ibovespa “subir”, significa que, no geral, as empresas se valorizaram.

Ibovespa
Ibovespa (Freepik)

Como funciona o mercado de ações?

As ações são negociadas com nomenclaturas específicas. É um código com quatro letras e um número. Assim sendo, as letras fazem alusão ao nome da empresa e o número informa o tipo de ação.

  • Usa-se o número 3  para ações ordinárias
  • Usa-se o número 4  para ações preferenciais
  • Por fim, usa-se os números 5, 6, 7, 8 para ações preferenciais de classe A, B, C e D, respectivamente

O preço das ações variam constantemente, pela rápida dinâmica de compra e venda. Esse é, portanto, um dos riscos envolvidos ao se investir nesses ativos.

As empresas de capital aberto que disponibilizam ações para venda podem ganhar maior visibilidade, principalmente ao fazerem parte do índice do Ibovespa. Além disso, como o processo de lançamento à bolsa de valores exige uma auditoria da organização, acaba por gerar maior transparência e confiança para com o cliente.

Como investir em ações?

Quem deseja investir em ações precisa ter conta em uma corretora de valores ou em um banco. Em seguida, tendo dinheiro disponível, pode-se acessar o home broker. Esse é o sistema digital de negociação de ações, trata-se de um intermédio entre o investidor e a bolsa de valores. Nele aparecem os preços dos papéis disponíveis, feita a escolha é possível sinalizar ordem de compra.

Para fazer parte do mercado de ações, é preciso se atentar também à taxa de corretagem, que é um valor cobrado por corretoras a cada compra e venda de ativos.

Quem fiscaliza o mercado de ações?

Gráfico de ações com lupa em cima
A CVM fiscaliza o mercado de ações (Freepik)

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) é a entidade responsável por fiscalizar as operações que acontecem no mercado de ações. Está vinculada ao Ministério da Fazenda.

Dessa maneira, a comissão supervisiona atividades como: auditorias de empresas, negociação de valores mobiliários e funcionamento da bolsa de valores. Dantas exemplifica que em caso de uma companhia ofertar lucros exorbitantes, é a CVM que vai investigar se isso se trata de um golpe.

Termos para aprender sobre mercado de ações

Alguns termos e conceitos fazem parte do dia a dia do mercado de ações. Para quem deseja se tornar um acionista, é válido aprender os seguintes itens:

  • Mercado primário e mercado secundário

Quando uma ação é comprada no mercado primário significa que é a primeira vez que chega aos investidores, sendo repassada diretamente pela empresa. Esse lançamento inaugural é denominado de Oferta Pública Inicial (IPO, na sigla em inglês). Já no mercado secundário, o papel já passou por um ou mais comprador e continua nesse movimento.

  • Ações ordinárias e preferenciais

A princípio, as ações são divididas em dois tipos. Nos papéis ordinários, o investidor tem direito ao voto em assembleias com acionistas. Então, cada título dessa categoria é um voto.

No que tange às ações preferenciais, os acionistas têm prioridade no recebimento de lucros da empresa. Todavia, não podem participar de votações. A saber, esse grupo pode ser subdivido em variadas classes, cada uma com benefícios diferentes de acordo com o regulamento da empresa.

  • Units

Em suma, os units são pacotes que mesclam ações ordinárias e preferenciais. Possuem o número 11 ao final do código da empresa.

Homem checando suas ações
Mercado de ações (Freepik)
  • Opções de ações

Opções de ações se trata do direito de comprar ou vender um papel em uma data futura por um preço pré-determinado. O investidor pode optar por usar ou não esse benefício até o vencimento. De fato, usa-se como garantia de investimento em eventuais valorizações ou desvalorizações da companhia.

  • Dividendos

Os dividendos são parte do lucro de uma empresa, eles são distribuídos aos acionistas proporcionalmente aos valores investidos por cada um. Ademais, as empresas já estabilizadas no mercado costumam oferecer bons dividendos, por ser uma forma de atrair investidores.

  • Blue chips

Usa-se o termo blue chips para mencionar uma empresa de grande porte e bem estabilizada no mercado. E que, portanto, têm baixo potencial de crescimento. Ademais, seus papéis podem ter preços mais altos nas negociações.

  • Small caps

Ao passo que as small caps são empresas ainda em estabilização e com ações sendo vendidas a valores menores. Contudo, apresentam maior potencial de crescimento, o que pode gerar bons ganhos caso se valorize.

Informar Erro
Siga-nos no 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes