O que você precisa saber sobre a criptomoeda Dogecoin

Ao contrário de bitcoins, não há limites para a criação de dogecoins, por isso o preço tende a ser sempre acessível.

Recentemente, a dogecoin atingiu a capitalização de mercado de US $9,1 bilhões, uma valorização de 1.400% no acumulado do ano.

Se você se interessa por criptomoedas, já deve ter ouvido falar em dogecoin ou doge. Ela atingiu a capitalização de mercado de US $9,1 bilhões recentemente, uma valorização de 1.400% no acumulado do ano em razão de um movimento de usuários do Reddit e influência do bilionário Elon Musk. Hoje, a dogecoin tem um dos maiores fornecimentos de criptomoedas do mundo, havendo muito mais delas do que bitcoins. 

A dogecoin tem algumas semelhanças com relação ao bitcoin, assim como diferenças importantes. A principal delas é que computadores comuns podem minerá-la, pois a codificação é um pouco diferente no processo de mineração. Além disso, enquanto o bitcoin passa por muitas atualizações o tempo todo, não existe mais necessidade de desenvolvimento para a dogecoin

Mas, antes de qualquer coisa, você sabia que a criação dessa moeda foi quase acidental? Segundo um dos criadores, Billy Markus, a dogecoin foi criada para ser uma espécie de meme na internet e recebeu o apelido de “doge”, nome de um cachorro japonês que fez sucesso na internet em 2013. Em seu lançamento, o uso se restringiu a um número pequeno de usuários, mas as redes ajudaram a moeda a chegar a públicos diversos.

 

E a segurança da dogecoin?

 

A dogecoin tem uma recompensa por bloco fixa de 10 mil Doge e intervalo entre blocos de um minuto. Ela tem base nas moedas luckycoin e litecoin, que usam a função scrypt no proff-of-work (Pow). Trata-se de um dos primeiros algoritmos de redes blockchain com base em senhas. 

Leia também

Corretoras brasileiras se unem em denúncia contra Binance

O investimento em crédito de carbono é uma oportunidade?

Em 2014, visando ampliar a segurança contra ataques, o criador da litecoin sugeriu uma solução de mineração mesclada que tornaria possível a mineração simultânea de criptomoedas com o mesmo algoritmo de consenso. De forma geral, dados recentes mostram que a dogecoin ocupa o terceiro lugar no custo de conduzir um ataque de 51% em uma hora. Na prática, significa que fica atrás de bitcoin e ethereum em termos de segurança.

doge
Imagem: Reprodução / Unsplash

Como comprar?

 

- PUBLICIDADE -

Se você ficou interessado em investir em dogecoin, deve se cadastrar em uma exchange e enviar dinheiro para, depois, realizar a compra. As transações costumam acontecer rapidamente e uma das razões é o baixo preço: menos de US$ 0,10. Aliás, essa característica faz com a dogecoin seja muito utilizada como moeda, já que é acessível a qualquer pessoa. 

Finalmente, entenda que o preço tende a ser sempre baixo exatamente porque a moeda não tem limite como acontece com o bitcoin. Por minuto, nascem 10.000 novas dogecoins. Já no caso dos bitcoins, existe um número máximo de 21 milhões de moedas. Vale considerar também que a dogecoin  tem uma comunidade bastante ativa e engajada que ajuda a movimentar as transações. 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes