Leilão de imóveis garante compra até 77% mais barata; saiba participar

Ao todo, mais de 759 imóveis estão à venda nos leilões

Neste mês de dezembro, quem quer investir na compra de um imóvel poderá aproveitar os leilões que são feitos pela Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Itaú Unibanco, Bradesco e Tribanco. Segundo o Uol, as instituições financeiras estão fazendo leilão de imóveis, com  759 propriedades, entre residenciais, comerciais e terrenos, que podem ser adquiridos até 77% mais baratos em relação ao preço real do mercado.

Segundo a publicação, os valores do leilão de imóveis foram recolhidos nesta segunda-feira, 14, mas por se tratar de um leilão, vão mudando conforme novos lances são registrados. 

Segunda parcela do 13º salário deve ser paga até sexta-feira (18)

Como participar de um leilão de imóveis ?

Tantos pessoas jurídicas quanto físicas podem dar lances em um leilão de imóveis. Para participar, os interessados terão que se cadastrar no site das leiloeiras (veja lista abaixo) escolhidas por cada banco, com até 24 horas de antecedência da realização do leilão. Depois de preencher os dados e escolher o imóvel que deseja comprar, é preciso dar um lance inicial. Ao final, leva o imóvel que tiver dado o maior lance. 

É importante ler os editais de cada leilão de imóveis disponíveis no site antes de fazer um lance para esclarecer dúvidas em relação aos lotes, como forma de pagamento, por exemplo. 

Imóveis ocupados

Muitas propriedades que vão para leilão ainda estão ocupadas e é de responsabilidade do novo comprador arcar com eventuais despesas para desocupar e regularizar o imóvel. Para evitar novos gastos e situações problemáticas, o ideal é sempre optar por imóveis já desocupados. 

Veja o leilão de imóveis de cada banco

 Caixa

O leilão promovido pela Caixa Econômica Federal é feito por dois leiloeiros. Uma delas é a Sodré Santoro e a outra a Central Judicial Leilões. Ao todo, serão 417 imóveis, entre residenciais e comerciais. Alguns imóveis aceitam financiamento.

  • O imóvel mais barato leiloado pela caixa é uma casa em Araçatuba, interior de São Paulo, com lance de no mínimo R$ 32 mil, que está ocupada (Central Judicial Leilões)
  • Já o mais caro é uma casa em um Ubatuba, no litoral paulista, com lance de no mínimo R$ 1,5 milhão, que está ocupada (Sodré Santoro).

Leiloeira: Central Judicial Leilões  

Dias: 15 (às 10h), 22 (às 10h e 14h) e 29 (às 10h)

Total de imóveis: 298 

OBS: imóveis arrematados no dia 22 terão os débitos em relação ao IPTU e condomínio pagos pelo banco

 

Leiloeira: Sodré Santoro 

Dias: 16, às 13h

Total de imóveis: 119

 

Itaú Unibanco

Os leilões do Itaú também são comandados por duas leiloeiras diferentes, a Frazão Leilões e a Biasi Leilões. Ao todo, serão mais de 97 imóveis leiloados pelas duas, com valores que variam de 70% a 77% mais baratos que o mercado. 

  • O imóvel mais barato sendo leiloado pelo Unibanco é uma casa em Novo Hamburgo,  no Rio Grande do Sul, que está ocupada. O lance inicial mínimo é de R$ 40 mil (Frazão Leilões); 
  • Já o mais caro é um apartamento na Vila Alpina, em São Paulo, com valor mínimo de lance de R$ 1,15 milhão. Também está ocupado. 

Leiloeira: Frazão Leilões

Dias: 15 e 17, às 11

Total de imóveis: 50

 

Leiloeira: Biasi Leilões

Dias: 16 (às 11), 17 (às 11h, 14h e 15h), 18 (às 11h) e 29 (às 14h).

Total de imóveis: 55

 

Banco do Brasil

No Banco do Brasil serão leiloados ao todo 156 imóveis residenciais, pela Biasi Leilões, no dia 22, às 16h. Os valores podem chegar a ser até 60% mais barato e o banco vai quitar IPTU e condomínio, dependendo do lote. 

  • No banco do Brasil, o imóvel mais barato é uma casa em Monção, na Maranhão, com lance mínimo de R$ 23,8 mil e que está ocupada; 
  • O mais caro é um apartamento em Ribeirão Preto, em São Paulo, no valor mínimo de R$ 173,4 mil de lance. O imóvel está ocupado; 

Leiloeira: Biasi Leilões  

Dias: 22, às 16h

Total de imóveis: 156

 

Tribanco 

O Tribanco também vai leiloar pela Biasi Leilões 11 imóveis, entre residenciais, comerciais e terrenos, no dia 18, às 14h. Os preços são até 60% mais baratos. 

  • Imóvel mais barato é uma apartamento em Várzea de Palma, em Minas Gerais, com lance mínimo de R$ 86 mil. Está vazio;
  • Imóvel mais caro é uma casa em Feira de Santana, na Bahia, com lance de pelo menos R$ 790 mil. Está vazio.

Leiloeira: Biasi Leilões  

Dias: 18, às 14h

Total de imóveis: 11

 

Bradesco 

Já o banco Bradesco realiza uma forma diferente de leilão. Diferentemente dos outros, os interessados em adquirir um dos 70 imóveis à venda em leilão pelo banco deve enviar até o final de janeiro de 2021 uma proposta de compra, de acordo com valores já definidos pelo bradesco. Além de analisar o valor, o banco também vê a forma de pagamento proposta para aprovar a compra. Não há opções de parcelamento

  • Imóvel mais barato é um residencia/comercial em Duque Barcelar, no Maranhão, no valor de pelo menos R$ 22 mil, que está ocupado;
  • Imóvel residencial mais caro é uma casa em Canindé, no Ceará, com valor de R$ 316 mil. Está ocupado. 

 

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes