O primeiro vôo da Starship de Elon Musk pode acontecer essa semana

De acordo com Elon Musk, o protótipo SN5 da Starship pode realizar seu primeiro vôo em alguns dias

O primeiro vôo da Starship, o protótipo de nave espacial da SpaceX do bilionário Elon Musk, pode ocorrer ainda essa semana.

A empresa não está poupando esforços para tirar a ambiciosa nave do papel e começar seus vôos para a Lua e Marte.

 

Starship e o caminho até o primeiro vôo

 

Primeiramente, é importante entender que o primeiro vôo da Starship está sendo uma missão muito complexa e desafiadora para a equipe envolvida.

A Starship é uma proposta da SpaceX para transportar até 100 pessoas por vez, com possibilidade de aumentar esse número, para o planeta vermelho.

A empresa, localizada no Texas, tem trabalhado com rapidez impressionante, construindo diversos protótipos do foguete até que algum funcione.

Nesse meio tempo inúmeras tentativas do primeiro vôo da Starship já aconteceram, com inúmeras explosões no caminho.

Porém, nessa terça-feira (21), Musk twittou que a versão SN5 (número serial 5) da Starship será testada ao longo dessa semana.

Apesar do CEO não fornecer  detalhes, esse deve ser um hop test, em que o foguete voa até somente 150 metros acima do chão, pousando em seguida.

Dessa forma, está sendo comparado ao vôo da Starhopper em 27 de agosto do ano passado, quase que exatamente um ano atrás.

No entanto, a Starhopper, era apenas um pequeno protótipo de testes, enquanto a Starship é um protótipo de nave espacial completo e capaz de transportar passageiros.

 

Dimensões do primeiro vôo da Starship

primeiro voo da starship
Reprodução/ SpaceX

A SpaceX recebeu sua licença para vôos suborbitais em Maio desse ano, o que quer dizer que o primeiro vôo da Starship poderá ir até dez quilômetros acima do chão e voltar.

O design final da nave será lançado por uma plataforma chamada Super Heavy e os dois veículos usaram 41 dos inovadores motores Raptor a SpaceX.

A altura total da estrutura será de 120 metros, tornando-a o maior foguete da história. A Starship sozinha possui 55 metros de altura.

 

E a corrida espacial segue!

 

Mas repare que a SpaceX não é a única investindo pesado na construção de um foguete capaz de levar passageiros à Marte.

Enquanto isso, a China lançava a sua sonda Tianwen-1 (que significa “Perguntas para o Céu”) rumo a Marte na madrugada da última  quinta-feira, dia 23.

Após uma tentativa frustrada de ingressar na corrida espacial em 2011, há esperança de mais sucesso nessa nova missão.

O país espera que seu foguete, chegar na órbita de Marte em fevereiro de 2021 e conclua o pouso somente dois ou três meses após essa data.

Ao que tudo indica, os progressos da SpaceX estão acontecendo na hora certa para manter o complexo tecnológico de Elon Musk a frente em mais um tipo de tecnologia.

Todas as informações disponíveis na coluna de Jonathan O’Callaghan para a Forbes.

- continue lendo -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes