Carnaval 2021 de São Paulo é adiado: veja o que muda

Também foi confirmado o cancelamento da Marcha para Jesus e Parada LGBTQI+. A tradicional festa de Ano Novo realizada na Avenida Paulista já havia sido suspensa. 

A Prefeitura de SP anunciou nessa sexta-feira (24) que decidiu adiar o Carnaval 2021 de São Paulo, tanto o de rua como também os desfiles das escolas de samba. A decisão é em razão da pandemia do novo coronavírus.

Foi confirmado também o cancelamento da Marcha para Jesus e Parada LGBTQI+ que aconteceriam ainda em 2020. A tradicional festa de Ano Novo realizada na Avenida Paulista já havia sido suspensa.

Assim, o anúncio foi feito pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, Zona Sul de São Paulo.

“Apesar de uma queda [nos registros de casos e mortes] e de a cidade estar evoluindo no Plano São Paulo, nós ainda estamos enfrentando a pandemia. Então os anúncios de hoje são de cancelamento de grandes eventos”, disse Covas.

Carnaval 2021 de São Paulo

Em 2020, o carnaval da Capital paulista arrastou 15 milhões de foliões nas ruas e 600 blocos. De acordo com a prefeitura, foram investidos R$ 36,6 milhões, enquanto o retorno para cidade chegou a R$ 2,3 bilhões.

No ano passado, a marcha atraiu 3 milhões de pessoas e gerou R$ 217 milhões para a prefeitura. Enquanto isso, a parada da diversidade atraiu 3 milhões de pessoas e gerou para a prefeitura benefício econômico de R$ 404 milhões.

Veja os eventos cancelados

  • Réveillon na Avenida Paulista ;
  • A Parada LGBT;
  • Marcha Para Jesus;
  • Carnaval 2021 de São Paulo.
Informar Erro

- continue lendo -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes