Carnaval 2021 de São Paulo é adiado: veja o que muda

Também foi confirmado o cancelamento da Marcha para Jesus e Parada LGBTQI+. A tradicional festa de Ano Novo realizada na Avenida Paulista já havia sido suspensa. 

A Prefeitura de SP anunciou nessa sexta-feira (24) que decidiu adiar o Carnaval 2021 de São Paulo, tanto o de rua como também os desfiles das escolas de samba. A decisão é em razão da pandemia do novo coronavírus.

Foi confirmado também o cancelamento da Marcha para Jesus e Parada LGBTQI+ que aconteceriam ainda em 2020. A tradicional festa de Ano Novo realizada na Avenida Paulista já havia sido suspensa.

Assim, o anúncio foi feito pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, Zona Sul de São Paulo.

“Apesar de uma queda [nos registros de casos e mortes] e de a cidade estar evoluindo no Plano São Paulo, nós ainda estamos enfrentando a pandemia. Então os anúncios de hoje são de cancelamento de grandes eventos”, disse Covas.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Carnaval 2021 de São Paulo

Em 2020, o carnaval da Capital paulista arrastou 15 milhões de foliões nas ruas e 600 blocos. De acordo com a prefeitura, foram investidos R$ 36,6 milhões, enquanto o retorno para cidade chegou a R$ 2,3 bilhões.

No ano passado, a marcha atraiu 3 milhões de pessoas e gerou R$ 217 milhões para a prefeitura. Enquanto isso, a parada da diversidade atraiu 3 milhões de pessoas e gerou para a prefeitura benefício econômico de R$ 404 milhões.

Veja os eventos cancelados

  • Réveillon na Avenida Paulista ;
  • A Parada LGBT;
  • Marcha Para Jesus;
  • Carnaval 2021 de São Paulo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes