Deputada Isa Penna registra queixa contra Fernando Cury; entenda o caso

A parlamentar alega que foi assediada e violada na quarta-feira (16) durante uma sessão na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo).

A deputada estadual de São Paulo Isa Penna (PSOL) registrou, ontem (17), um boletim de ocorrência contra o também deputado Fernando Cury (Cidadania) por assedio sexual, além de denuncia formal por quebra de decoro e pedido de cassação do mandato de Cury. O motivo da queixa está relacionado ao ocorrido na noite de quarta-feira (16), em que o deputado Fernando Cury passa a mão no seio de Isa Penna durante uma sessão na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo). As câmeras do local flagraram e registraram o momento, que foi transmitido ao vivo pelo Youtube.

Assedio contra Isa Penna

O vídeo público, gravado pelas câmeras da Alesp, registrou o momento completo. A deputada Isa Penna (PSOL) está apoiada na bancada enquanto conversa com o presidente da câmara Cauê Macris (PSDB) quanto Cury se aproxima. Cury a abraça por trás e passa a mão na lateral de seu seio. A deputada o afasta imediatamente. Ele, então, põe a mão sobre o ombro da deputada, que reage novamente.

Além de parlamentar Isa Penna é ativista feminista e militante contra a violência à mulher. A deputada afirmou em entrevista à CNN que se sentiu violada no pelo ato.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Eu me sinto absolutamente exposta, eu me sinto absolutamente violada em diversos sentidos. Seja pelas minhas prerrogativas enquanto mulher eleita, pela prerrogativa das minhas funções, exercendo meu trabalho, exercendo meu papel ali, discutindo o orçamento. Eu me sinto enojada”, afirmou a deputada.

Além disso, Isa também falou sobre o caso durante uma sessão na Alesp na quinta (17). “Ontem, aqui nessa Casa, na frente da sua Mesa, eu fui assediada. Eu fui apalpada na lateral do meu corpo pelo deputado Fernando Cury, do partido Cidadania”, relatou a deputada.

Veja o vídeo do momento.

Boletim de ocorrência

Nesta quinta-feira (17), a deputada  do PSOL afirmou que registrou um boletim de ocorrência contra o deputado Fernando Cury (Cidadania). O partido do acusado, Cidadania, alegou que vai acionar o Conselho de Ética da câmara para avaliar o caso, mas afirmou também que assédio é inaceitável.

Além disso, Roberto Freire, presidente nacional do Cidadania, disse em uma rede social que manifesta solidariedade a Isa Penna em nome de todo o partido.

“Não toleramos qualquer forma de assédio. Temos história de luta em defesa dos direitos da mulher que nenhuma pessoa pode macular. Junto com Arnaldo Jardim levamos o caso do deputado ao Conselho de Ética do partido”, completou.

O presidente da Alesp Cauê Macris (PSDB), com quem Isa conversava quando o caso aconteceu não se pronunciou a respeito, até o momento.

O crime de importunação sexual é previsto no artigo 215-A do Código Penal e significa “praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro”.

Fernando Cury

Caso Isa Penna - deputado Fernando Cury
Deputado Fernando Cury (Foto: Alesp)

O deputado acusado de assedio se manifestou e falou durante sessão na câmara também. Ele se defendeu e afirmou que jamais assediou nenhuma mulher.

“Queria dizer para vocês que não fiz por mal nada de errado. Meu comportamento com a deputada Isa Penna é o comportamento que tenho com cada um dos deputados aqui. Com os colegas deputados, as colegas deputadas, com os assessores e com as assessoras, com a Polícia Militar feminina aqui. De cumprimentar, de abraçar, de beijar, de estar junto. A minha chefe de gabinete é uma mulher. Eu tenho assessoras mulheres aqui, no escritório em Botucatu. Eu nunca ia fazer isso na frente de 100 deputados. Quantas câmeras tem aqui na Assembleia Legislativa? Estava na frente do presidente. Pelo amor de Deus. Eu não fiz nada disso. Não fiz nada de errado. O que eu fiz foi abraçar. Vocês viram o vídeo.”, ele relata.

Em nota, a Alesp afirmou que o Conselho de Ética fará a avaliação do caso.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes