Eleições 2020: guia completo para tirar suas dúvidas

Com o dia de votação chegando, é preciso que o eleitor não fique com dúvidas na hora de escolher seus representantes. Veja um guia das eleições 2020.

Eleições 2020 – Este ano, excepcionalmente, as eleições acontecem em novembro, por conta da pandemia do coronavírus. Contudo, embora as datas tenham sido adiadas, estamos há menos de um mês do primeiro turno. Por isso, o eleitor precisa estar preparado para no dia de votação, já saber o que vai fazer e como vai fazer. Confira, então, um guia com as principais dúvidas que os eleitores têm com relação às eleições.

Datas eleitorais nas eleições 2020

As eleições comumente acontecem no mês de outubro. Contudo, para que o governo pudesse se preparar e promover medidas de segurança contra o contágio da COVID-19, este ano as datas eleitorais mudaram. Mas já pode anotar na sua agenda, o primeiro turno está marcado para dia 15 de novembro e o segundo, nos municípios que tiverem, para o dia 29 do mesmo mês.

Horários de votação

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Também por conta da pandemia do coronavírus, os horários de votação foram estendidos. Será possível ir à seção eleitoral para votar das 7h até às 17h. Mas é bom lembrar que o horário das 7h até às 10h é preferencial para pessoas com mais de 60 anos, pois se enquadram no grupo de risco.

Local de votação

É possível fazer a consulta de maneira rápida no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Você vai precisar apenas do número do título, nome da mãe e data de nascimento. Mas caso você não tenha o título em mãos, é possível fazer a consulta utilizando seu nome ou CPF também.

Veja o passo a passo:

1° Entre no site do TSE (Clique aqui para entrar no site)

2° Clique na aba “local de votação” 

3° por fim, coloque seus dados e terá o resultado correto

Você também pode obter o título por meio do aplicativo e-Título, disponível para os aparelhos de celular e tablets que utilizam os sistemas operacionais iOS (iPhone) e Android.

Como justificar voto online?

Se não foi possível ir a uma seção eleitoral no dia da eleição, o eleitor pode justificar seu sua ausência pela internet no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por meio do Sistema Justifica. Nesse caso, o eleitor tem até 60 dias para justificar o voto, após o dia da votação. Sempre lembrando que é necessário fazer uma justificativa separada para cada turno que o cidadão se ausentar.

Confira o passo a passo

1° Entre no site do sistema justifica;

2° Clique na opção “Iniciar requerimento de justificativa”;

Print da tela sistema justifica

3 ° Preencha os campos obrigatórios com suas informações de título de eleitor, nome e data de nascimento;

Print da tela do sistema justifica

4° Preencha os dados da sua justificativa. Selecione para qual turno e eleição está justificando o voto. Também é preciso colocar o motivo da ausência e uma imagem provando o motivo: atestado médico, comprovante de passagens etc;

Print da tela do sistema justifica

5 ° Por fim, envie o requerimento e você receberá um e-mail com o número do protocolo e poderá acompanhar o andamento do requerimento.

É possível justificar o voto pelo e-título também. Basta baixar o aplicativo, que está disponível para os sistemas Android e IOS. Veja o passo a passo:

Foto mostra a tela do aplicativo e-título
Aplicativo e-título (Foto: Agência Brasil)

1° Faça o cadastro no aplicativo;

2° Vá em “mais opções”;

3° Clique em “justificativa de ausência”;

4° Preencha com seus dados e o motivo da ausência e envie o requerimento.

Medidas de segurança nas eleições 2020?

O adiamento das eleições serviu para que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), juntamente com uma equipe de especialistas dos hospitais Albert Einstein, Sírio-Libanês e por técnicos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) elaborou algumas medidas de segurança. Confira:

  • Uso de mascaras é obrigatório, por parte dos eleitores e dos mesários. O TSE afirmou que pode ser que o mesário peça para que o eleitor se afaste, tire a mascara e mostre o rosto para reconhecer a foto da identidade. Contudo, ele deve coloca-la em seguida.
  • Não será permitido comer ou beber nas filas, para evitar que as pessoas fiquem sem mascara.
  • Distanciamento mínimo de 1 (um) metro entre todos.
  • Álcool em gel será distribuído em todas as seções para que os eleitores limpem as mãos antes e depois da votação.
  • O TSE recomenda que cada eleitor leve a sua caneta para assinar, para evitar o compartilhamento de objetos.
  • Mesários receberão máscaras e terão que trocá-las a cada quatro horas, usar álcool e uma proteção facial de acetato (face shield), que terá de ser usada o tempo todo.
  • A biometria foi suspensa, pois não é possível higienizar o leitor a cada pessoa que colocar o dedo. Portanto, poderia aumentar o contágio do vírus.

Eleições 2020: como votar na urna?

A urna eletrônica foi pensada e desenvolvida para ser um mecanismo de fácil acesso e que pudesse computar e contar os votos rapidamente. O teclado do equipamento lembra o de um telefone. Para votar basta que o eleitor digite o número de seu candidato e confirme na tecla de cor verde. Para corrigir, é preciso clicar na tecla laranja. Para votar em branco o eleitor deve apertar na tecla de mesmo nome, também de cor branca. Também é possível anular, basta colocar um número que não confere a nenhum candidato ou legenda partidária, por exemplo: 00, e confirmar.

Ainda é possível ser mesário nas eleições 2020?

Os nomes dos mesários foram divulgados no dia 16 de setembro, mas isso não quer dizer que não dá mais para se inscrever. As inscrições podem ocorrer o ano todo, alguns ainda serão chamados. Portanto, caso queira, faça sua inscrição e fique atento ao chamado.

Normalmente, os mesários são convocados pelo governo, mas agora é possível que o eleitor, com mais de 18 anos, se inscreva e seja mesário por vontade própria. No aplicativo e-título existe essa opção, mas também é possível se inscrever no site do TSE.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes