Eleições 2020: E-Título: não baixei o aplicativo, como faço para justificar?

O TSE disponibilizou o eleitor baixar o aplicativo e-Título até ontem, véspera do segundo turno das Eleições 2020. Mas e quem não conseguiu? Veja as opções.

O aplicativo da Justiça Eleitoral, e-Título surgiu para facilitar a vida do eleitor brasileiro que, nas Eleições 2020, está mais tecnológico do que as outras. No app o eleitor pode consultar tudo sobre seu histórico eleitoral, inclusive, se houve alteração em sua seção ou zona eleitoral e até mesmo justificar o voto, caso não esteja em seu domicílio eleitoral.

No primeiro turno das Eleições 2020 muitos brasileiros optaram por fazer a justificativa via aplicativo, porém, houve relatos de falhas e sobrecarga nos acessos, segundo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Por isso, para o segundo turno, foi restrito o download do aplicativo até a véspera do dia da votação, delimitando até as 23h59 de ontem (28), a autorização em baixar o aplicativo.

Não baixei o e-Título. Como justificar o voto no dia?

Para eleitores das 57 cidades brasileiras que comparecerão às urnas neste domingo, 29 de novembro, que não conseguiram baixar o aplicativo e-Título até as 23h59 de ontem, existem outras opções de justificar o voto.

Seção eleitoral – presença física

O eleitor pode comparecer a alguma seção eleitoral próxima e preencher o formulário Requerimento de Justificativa Eleitoral. Nesta ele deve levar algum documento com foto para poder realizar a justificativa.

Site do TSE

No site do TSE também é possível justificar o voto. Basta acessar o site e preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral.

Eu posso justificar pelo aplicativo nas Eleições 2020?

Sim. Caso o eleitor tenha baixado o aplicativo e-Título até ontem, pode usar o aplicativo para justificar o voto.

Quem só tiver feito o download, sem ter validado antes as informações, não vai conseguir o acesso hoje. Ele terá de recorrer presencialmente a alguma seção eleitoral ou, se preferir, acessar o site do TSE para preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral.

Os acessos para o app e-Título estarão liberados na segunda-feira (30). Já o geolocalizador, que identifica o eleitor fora de seu domicílio eleitoral, só funciona no próprio dia de votação. Se o eleitor não habilitou o serviço, deve anexar uma imagem ou documento como prova para justificar a ausência.

Tentei justificar pelo aplicativo e não consegui. O que faço?

Se, por ventura, o eleitor tentar justificar o voto via aplicativo e-Título e não conseguir, a recomendação do TSE é recorrer a alguma seção eleitoral mais próxima.

Não consegui justificar no dia da votação. Posso fazer depois?

Sim. O eleitor que não conseguiu baixar o aplicativo e nem ir presencialmente até uma seção eleitoral pode justificar sua ausência até 60 dias depois do dia da votação.

No segundo turno, esse prazo vai até 28 de janeiro. Se a ausência foi no primeiro turno, o prazo é até 14 de janeiro. Se o eleitor não cumprir o prazo, será preciso pagar uma multa no Banco do Brasil.

O que eu faço se o e-Título falhar?

Eleições 2020: e-título apresenta erro? Como fazer?
Eleições 2020: e-título apresenta erro? O que fazer? (foto: marcello casal jr/agência brasil)

Caso o aplicativo falhe ou apareça uma mensagem informando que os dados não conferem, é possível que haja algum tipo de inconsistência de dados registrados na base do Cadastro Eleitoral.

O TSE sugere que o eleitor emita a certidão de Quitação Eleitoral por meio do site (clique aqui) e use os mesmos dados da certidão para acessar o e-Título.

Se isso não adiantar, a recomendação é entrar em contato via e-mail ou telefone do cartório eleitoral da sua cidade.

Se a tela do e-Título ficar branca?

Em alguns casos, a tela inicial da plataforma eleitoral pode ficar branca e travar. Sobre isso, o TSE informou que o e-Título está disponível para Android —iniciando na versão 4.4 ou superior e IOS— versão mínima 9.0 ou posterior. Porém, alguns aparelhos têm a versão do Android modificada e podem apresentar o problema.

Tem outro jeito de descobrir meus dados eleitorais?

Sim. Pensando em praticidade, o TSE disponibilizou um canal via telefone para suprir as necessidades dos eleitores brasileiros. Ele criou o ‘Disque-Eleitor’, onde o eleitor pode optar por ligar através do número 148 e confirmar seus dados com a Justiça Eleitoral.

Preciso levar um documento além do e-Título?

Se o eleitor conseguiu baixar e validar todas as informações eleitorais via aplicativo e-Título não precisa levar documento com foto – a não ser que, por precaução, o eleitor queira levar os dois, mas se há internet disponível, o aplicativo tem as informações necessárias para votar. Além de constar sua foto, ele também apresenta dados sobre sua seção eleitoral e seus dados pessoais

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.