Luciano Huck diz ser favorável a tributação de heranças no Brasil

O apresentador da TV Globo fez a declaração após um comentário que Ciro Gomes (PDT) fez a seu respeito no Twitter na terça-feira (5).

Após o Ciro Gomes (PDT) ter feito um comentário alfinetando Luciano Huck e o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), o apresentador respondeu e disse ser favorável à tributação de heranças no Brasil. A declaração de Ciro foi feita depois de Jair Bolsonaro (sem partido) afirmar que o Brasil estaria quebrado e ele não poderia fazer nada. O pedetista, então, elencou o que pode ser mudado no país e citou a tributação sobre herança.

Comentário de Ciro Gomes

Em seu Twitter, Ciro Gomes falou o que iria mudar no Brasil para melhorar a situação do país. Ao falar sobre tributação de heranças, ele citou o apresentador Luciano Huck. O comentário foi o seguinte:

“Um trabalhador de aplicativo paga IPVA da moto, enquanto Luciano Huck e João Dória, que compraram jatinho subsidiado com dinheiro público, não pagam IPVA do jatinho. Também não é cobrado de helicóptero e lancha”.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

luciano huck defende tributação de heranças após comentário de ciro
Ciro Gomes (Foto: Agência Brasil).

Luciano Huck – tributação de herança

Após o comentário de Ciro, o apresentador o respondeu e disse que concorda com o ex-governador do Ceará e que também é favorável à maior tributação sobre herança. Huck ainda afirmou que é a favor de um IPVA sobre aeronaves e barcos e que ele seria o primeiro a pagar.

“Boa, Ciro. Concordo contigo. Sou a favor de uma maior tributação sobre herança. Também defendo um imposto tipo IPVA sobre aeronaves e barcos. Seria o primeiro a pagar. É o justo. Mas creio que dá pra fazer tudo isso de forma construtiva. Resgatando a serenidade e a confiança no país”, declarou nas redes sociais.

Eleições 2022: Ciro Gomes e Luciano Huck

Em 2018, foi especulada uma possível candidatura de Luciano Huck à presidência do Brasil, contudo, ela não foi para frente. Novamente em 2020, o apresentador vem ensaiando se candidatar,  ele tem mantido encontros com líderes de diversos partidos do espectro político nos últimos meses. Inclusive, Huck se encontrou com o ex-ministro Sérgio Moro para formar uma possível aliança. Nenhum deles está filiado a algum partido do momento. A chapa de Huck e Moro ainda não foi concretizada.

Ciro Gomes foi candidato na última eleição de 2018, mas ficou em terceiro lugar no primeiro turno. Ele já demonstrou que tem vontade de se candidatar a algum cargo novamente, mas ainda sem certezas.

Pesquisa Eleitoral

Em uma pesquisa eleitoral divulgada pela XP/Ipespe no dia 15 de dezembro, Ciro Gomes aparecia com 9% das intenções de voto. Na sequência Luciano Huck com 7%. Segundo a pesquisa, se as eleições fossem hoje nenhum dos dois iria ao segundo turno. Além disso, Bolsonaro liderou com 29% dos votos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes