Benefícios da Salsa: o tempero que desintoxica os órgãos e fortalece os ossos

Todos os dias, a salsa é usada como tempero por milhares de pessoas que nem imaginam o tanto que ela é capaz de fazer por nossa saúde. Descubra o que essa poderosa erva faz pelo seu corpo!

Apesar de ser um tempero muito popular no nosso país, os benefícios da salsa para a saúde são pouco conhecidos pela população. Mas essa erva que vem do mediterrâneo tem a capacidade de desintoxicar o corpo e espantar doenças, principalmente do fígado e do baço.

A erva é rica em três vitaminas: A, K e C. A vitamina A é fundamental para a imunidade e a saúde dos olhos, sendo também importante para a renovação das células da pele. Já a vitamina K é um nutriente relacionado a saúde dos ossos e do coração. A vitamina C, por sua vez, melhora o funcionamento do sistema imune e do coração também.

Além disso, a salsa é rica em magnésio, potássio, ácido fólico, cálcio e flavonoides. Veja abaixo uma lista de benefícios da salsa e entenda como esses nutrientes podem colaborar para a sua saúde.

 

Benefícios da salsa

 

1. Prevenir doenças cardíacas

 

A alimentação inadequada, o sedentarismo, o stress da vida moderna, o cigarro e o álcool tornaram as doenças coronárias uma das principais causas de morte nos nossos tempos. Nenhum alimento sozinho é capaz de resolver tudo isso, mas alguns componentes bioativos são capazes de fazer muita diferença nesse quadro: os carotenoides.

Os carotenoides são poderosos antioxidantes e desempenham papel central na saúde do coração, de acordo com estudos do Departamento de Ciências Médicas, Orais e Biotecnológicas Universidade Gabriele d’Annunzio.

A salsa é rica nesses carotenoides capazes de combater inflamações crônicas, colesterol LDL (o chamado “colesterol ruim”) e pressão alta. Estudos populacionais da Universidade de Maryland e do Hospital das Crianças de Boston conduzidos por 12 e 18 anos demonstraram a associação entre carotenoides e incidência de doenças do coração.

 

2. Desintoxicar o baço e o fígado

 

O baço e o fígado estão envolvidos na filtragem do sangue e processamento de nutrientes pelo corpo.  Segundo o guia elaborado pela nutricionista Vanessa Lodi, a salsa é digestiva, diurética e melhora o funcionamento desses órgãos. Isso se dá novamente pela função anti-inflamatória dos seus agentes antioxidantes.

Em estudos da Divisão de Bioquímica da Universidade do Cairo, o extrato de salsa se mostrou capaz de prevenir doenças no fígado ao melhorar o desempenho do órgão através de seus compostos bioativos.

 

Benefícios da salsa 2

 

3. Prevenir pedras no rins

 

O trabalho dos rins é duro: esses são os órgãos responsáveis por fazer com que toda a sujeira e excesso de água do nosso corpo seja eliminado pela urina.

Sendo assim, uma alimentação inadequada pode sobrecarregar esse órgão, provocando um mal-funcionamento e o acúmulo de minerais em seu interior, que formam as incômodas pedras nos rins.

Um dos benefícios da salsa é possuir uma combinação de nutrientes muito interessante: vitamina C, carotenoides e flavonoides são todos antioxidantes de ação anti-inflamatória potente.

Em estudo da Universidade de Taiz, ficou comprovado que a ingestão de salsa é capaz de reduzir o nível de cálcio e proteínas na urina, um indicativo da formação das pedras.

Além disso, os nitratos presentes na salsa ajudam a dilatar os vasos sanguíneos, o que reduz a pressão sanguínea, um dos fatores de risco para doenças nos rins.

Assim, a ação anti-inflamatória da salsa aliada a sua capacidade de purificar a urina e baixar a pressão sanguínea reduzem drasticamente as chances de desenvolvimento de pedras nos rins.

 

4. Deixar os ossos mais fortes

 

A saúde dos ossos depende da ingestão de algumas vitaminas e minerais, uma delas sendo a vitamina K. Essa vitamina age nos osteoblastos, células que constroem e reconstroem os ossos.

Além disso, segundo estudos da Universidade do Teerã, ela também é capaz de ativar algumas proteínas que aumentam a densidade os ossos.

Manter a densidade dos ossos é importante e um desafio conforme envelhecemos. Ossos menos densos são justamente o que aumenta o risco de fratura em pessoas idosas.

A boa notícia é que meio copo de salsinha tem impressionantes 547% da Ingestão Diária recomendada desse nutriente. Isso é ainda melhor do que parece, pois a vitamina K não é um componente tão comum assim nos alimentos em geral, estando seu consumo comumente abaixo do ideal. Assim, um os benefícios da salsa é ser capaz de reduzir sensivelmente os riscos de osteoporose e fraturas em apenas uma colher de tempero.

 

Contra-indicações

A salsa não é indicada para mulheres grávidas ou gestantes e pessoas com quadros de doenças renais ou que fizeram cirurgias no rins há menos de 1 mês também não devem usar a erva.

E não esqueça: a opinião do seu médico é sempre necessária ao adotar qualquer tipo de tratamento.

 

Quer conhecer mais plantas medicinais super fáceis de encontrar para incluir na sua alimentação? Existem muitas ervas e ingredientes com propriedades inacreditáveis à sua disposição e estão mais perto do que você imagina! Confira nosso artigo sobre aqui.

 

 

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.