Campanha de vacinação da gripe 2022: confira calendário de SP

Primeira etapa do calendário termina dia 16 de maio

A campanha de vacinação da gripe 2022 no estado de São Paulo já começou. A ação teve seu início no dia 27 de março, decretado como Domingão da Vacinação, e está dividida em etapas para cada faixa etária ou categoria profissional. Confira como ficou o calendário e quem já pode se vacinar contra o vírus da influenza em SP. 

Quem pode tomar a vacina da gripe em SP?

O calendário da campanha de vacinação da gripe 2022 em SP está dividido etapas, conforme a faixa etária ou ocupação de determinada categoria, semelhante ao que tem sido feito com a campanha da vacina da covid-19. A ação se iniciou no chamado Domingão da Vacinação, em que idosos acima de 80 anos que fossem receber sua quarta dose contra a covid-19 já podiam tomar simultaneamente a vacina da influenza. 

A partir do dia 4 de abril, idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde também já podem tomar a dose contra o vírus da gripe. Em seguida, a partir do mês de maio, a ação será ampliada para crianças, gestantes, puérperas, indígenas, professores, pessoas com deficiência, pessoas com comorbidades, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, população privada de liberdade, e adolescentes e jovens sob medida socioeducativa.

Segundo o governo estadual, a expectativa da campanha de vacinação da gripe 2022 em SP é vacinar 90% do público-alvo de mais de 16,6 milhões de pessoas. Confira como ficou o calendário: 

  • 27 de março: idosos acima dos 80 anos;
  • 4 de abril: idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde;
  • 2 de maio: crianças acima de 6 meses a menores de 5 anos de idade; gestantes e puérperas;
  • 9 de maio: indígenas, professores, pessoas com deficiência e pessoas com comorbidades;
  • 16 de maio: forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários e população privada de liberdade e adolescentes e jovens sob medida socioeducativa.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde de SP, as próximas etapas para aqueles que não se encontram no calendário precisam ser liberadas pelo Ministério da Saúde, já que o governo estadual segue as diretrizes da campanha nacional de imunização.

As vacinas estão sendo aplicadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) dos municípios. Para conseguir tomar a dose no período estipulado, os documentos básicos são: documento de identificação, carteira de vacinação e, se for o caso, comprovante de que atua em determinada profissão. No entanto, cabe consultar os informativos da prefeitura de cada cidade para conferir quais postos de saúde estão aplicando a dose da vacina contra a influenza e se há mais algum comprovante necessário para determinada categoria.

Antecipação da campanha de vacinação da gripe 2022

O então governador João Doria antecipou o início da campanha de vacinação da gripe 2022 para ocorrer a partir do dia 27 de março em todo o estado de São Paulo. Esse adiantamento em uma semana se deve pelo fato do Instituto Butantan ter entregue os imunizantes antes do prazo esperado. A vacina produzida pelo Butantan contra a influenza é trivalente e 100% nacional, composta pelos vírus H1N1, a cepa B e o H3N2, do subtipo Darwin, que causou os surtos localizados no final do ano passado. No total, serão fornecidas 80 milhões de doses para a imunização em todo o Brasil.

Leia também: O que acontece com quem não toma vacina: consequências e cuidados

Você pode gostar também
buy cialis online