Lacrei: conheça app que conecta pessoas LGBTQIA+ a atendimento médico

Se você é médico, advogado ou paciente, confira como utilizar o aplicativo que visa dar segurança à comunidade LGBTQIA+.

O aplicativo Lacrei surgiu da necessidade de tratar com segurança e respeito a comunidade LGBTQIA+. Afinal, esse grupo representa mais de 20 milhões de pessoas no Brasil, segundo Daniel Dutra, o fundador do app.

Contudo, apesar da densidade dessa população, o atendimento ainda é escasso e pouco especializado. Uma pessoa trans, por exemplo, precisa passar por seis especialidades diferentes. Processo que, por enquanto, não é senso comum entre os profissionais da saúde.

 

View this post on Instagram

Profissional de saúde, temos a honra de te apresentar o Portal Lacrei. ⁣ ⁣ Um projeto que acima de tudo abraça a causa LGBTQIA+, busca unir inclusão e representatividade, oferecendo um atendimento de saúde mais humano, acolhedor e colorido.⁣ ⁣ Por acreditarmos que não há equidade em atendimento médico para a população LGBTQIA+, nós do Portal Lacrei desenvolvemos essa plataforma com o objetivo de reunir profissionais de saúde que nos apoiem e se identifiquem com essa causa.⁣ ⁣ Nós, LGBTQIA+, ainda sofremos preconceitos e somos vítimas de uma estrutura social segregatória, fazendo que o atendimento de saúde não nos enxergue como um ser individual e subjetivo, tentando nos enquadrar num padrão a qual, vocês sabem, não pertencemos.⁣ ⁣ O Portal Lacrei surge nesse parâmetro como um grito de liberdade, pedindo e demonstrando empatia e identificação para com os nossos pares. ⁣ ⁣ Nossa plataforma oferece aos nossos usuarios, um atendimento de saúde adequado, digno, respeitando as diferenças, enxergando cada pessoa como ela quer e merece ser enxergada. Livre de paradigmas, de dogmas, de pré conceitos e julgamentos. ⁣ ⁣ Se você, profissional de saúde, se identifica com a causa LGBTQIA+, é livre de todo e qualquer preconceito e deseja aprender e se atualizar sempre, o Portal Lacrei precisa de você.⁣ ⁣ Vamos juntes embarcar nesse projeto, oferecer um atendimento adequado aos que mais precisam, vamos dar voz a quem nunca teve voz, vamos ouvir quem nunca foi escutade, vamos oferecer cuidado e repassar o amor e apoio que vocês tiveram em seus lares.⁣ ⁣ Há milhares de pessoas LGBTQIA+ no Brasil todo precisando de profissionais diferenciades e humanes como você e mais do que nunca precisamos unir forças para a construção de um mundo mais justo e solidário.⁣ ⁣ Venha fazer parte, gratuitamente, de um grupo seleto de profissionais que não só pensam, mas fazem a diferença.⁣ ⁣ Clique no link na bio e faça seu cadastro, de forma rápida e segura.⁣ ⁣ #lgbt #diversidade #informaçãolgbt #saude #saudetrans #saudegay #sus#direitolgbt #suslgbt #direito #direitoshumanos #saudeintegral #medicina #medicos #gaybrasil #defendamosus #direitoshumanos #gaybrasil #direitoslgbt #politicapublica #socie

A post shared by Lacrei (@portal.lacrei) on

 

Especificidades do atendimento à comunidade LGBTQIA+

Em entrevista ao portal IG, o fundador do app menciona a falta de protocolos e estudos especializados para o atendimento de pessoas LGBTQIA+ como desafio inicial para o sistema de saúde.

Em segundo lugar, apesar do Sistema Único de Saúde (SUS) possuir Ambulatórios Trans desde 2010, que são especializados no atendimento de pessoas transgênero e travesti, há poucas unidades no território e muitas nem são credenciadas pelo SUS.

De acordo com Luiz Fernando Castro, médico da família e idealizador do Ambulatório Trans de Brasília,  estima-se que existam 22 centros especializados no país, e somente a metade é habilitada pelo SUS.

 

lacrei atendimento comunidade lgbtqia+
Ambulatório Trans de Brasília. Imagem: Joel Rodrigues (Reprodução / Agência Brasília)

 

O que é o app lacrei?

O Lacrei é uma iniciativa que almeja oferecer tratamento especializado para a comunidade LGBTQIA+, com base na proteção e no respeito.

Afinal, segundo a revista Veja Saúde, o Brasil é um dos países com maior incidência de assassinatos motivados por homofobia e também, possui o maior registro de homicídios de pessoas trans.

 

Funções do aplicativo Lacrei:

  • Consultas médicas
  • Serviços de advocacia
  • Oferta de emprego para pessoas da comunidade LGBTQIA+

 

Além disso, o portal Lacrei lançou uma pesquisa para mapear o tamanho da comunidade LGBTQIA+. Esse dado é importante pois agrega visibilidade a causa e ratifica a necessidade da criação de serviços especializados ao grupo.

O Lacrei Saúde está disponível para download no serviço IOS, e segundo os desenvolvedores, o lançamento no Google Play ocorrerá em breve. Há também uma versão do programa para a web. O Lacrei Jurídico e o Lacrei Oportunidades, por sua vez, estão em fase de testes no IOS, e de acordo com o site oficial, ganharão em breve versão para computadores.

 

Como se cadastrar no app?

Primeiramente, tanto o cadastro do paciente, quanto o do médico é gratuito. Então, para ser paciente, você precisará informar a sua identidade de gênero e orientação afetivo-sexual. Além disso, você declarará qual é a sua cidade e o seu bairro.

Já os médicos precisam, inicialmente, passar pela verificação do CRM. Ademais, há a checagem dos antecedentes criminais e processos administrativos. Por último, o profissional precisa enviar uma carta de interesse explicando porque gostaria de trabalhar com pessoas LGBTQIA+.

Os dados, de acordo com os desenvolvedores, são criptografados e exclusivamente do usuário. Logo, não há venda nem compartilhamento dessas informações para terceiros.

A busca por médicos é feita por nome, localização e especialidade, além do app apresentar reviews dos usuários de cada profissional. Quanto às consultas, por enquanto, só há a opção de atendimento pago.

Informar Erro
Fonte Saúde Abril Agência Brasília Delas IG

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes