Lacrei: conheça app que conecta pessoas LGBTQIA+ a atendimento médico

Se você é médico, advogado ou paciente, confira como utilizar o aplicativo que visa dar segurança à comunidade LGBTQIA+.

O aplicativo Lacrei surgiu da necessidade de tratar com segurança e respeito a comunidade LGBTQIA+. Afinal, esse grupo representa mais de 20 milhões de pessoas no Brasil, segundo Daniel Dutra, o fundador do app.

Contudo, apesar da densidade dessa população, o atendimento ainda é escasso e pouco especializado. Uma pessoa trans, por exemplo, precisa passar por seis especialidades diferentes. Processo que, por enquanto, não é senso comum entre os profissionais da saúde.

 

https://www.instagram.com/p/CCmjYdipOpO/

 

Especificidades do atendimento à comunidade LGBTQIA+

Em entrevista ao portal IG, o fundador do app menciona a falta de protocolos e estudos especializados para o atendimento de pessoas LGBTQIA+ como desafio inicial para o sistema de saúde.

Em segundo lugar, apesar do Sistema Único de Saúde (SUS) possuir Ambulatórios Trans desde 2010, que são especializados no atendimento de pessoas transgênero e travesti, há poucas unidades no território e muitas nem são credenciadas pelo SUS.

De acordo com Luiz Fernando Castro, médico da família e idealizador do Ambulatório Trans de Brasília,  estima-se que existam 22 centros especializados no país, e somente a metade é habilitada pelo SUS.

 

Lacrei atendimento comunidade lgbtqia+
Ambulatório trans de brasília. Imagem: joel rodrigues (reprodução / agência brasília)

 

O que é o app lacrei?

O Lacrei é uma iniciativa que almeja oferecer tratamento especializado para a comunidade LGBTQIA+, com base na proteção e no respeito.

Afinal, segundo a revista Veja Saúde, o Brasil é um dos países com maior incidência de assassinatos motivados por homofobia e também, possui o maior registro de homicídios de pessoas trans.

 

Funções do aplicativo Lacrei:

  • Consultas médicas
  • Serviços de advocacia
  • Oferta de emprego para pessoas da comunidade LGBTQIA+

 

Além disso, o portal Lacrei lançou uma pesquisa para mapear o tamanho da comunidade LGBTQIA+. Esse dado é importante pois agrega visibilidade a causa e ratifica a necessidade da criação de serviços especializados ao grupo.

O Lacrei Saúde está disponível para download no serviço IOS, e segundo os desenvolvedores, o lançamento no Google Play ocorrerá em breve. Há também uma versão do programa para a web. O Lacrei Jurídico e o Lacrei Oportunidades, por sua vez, estão em fase de testes no IOS, e de acordo com o site oficial, ganharão em breve versão para computadores.

 

Como se cadastrar no app?

Primeiramente, tanto o cadastro do paciente, quanto o do médico é gratuito. Então, para ser paciente, você precisará informar a sua identidade de gênero e orientação afetivo-sexual. Além disso, você declarará qual é a sua cidade e o seu bairro.

Já os médicos precisam, inicialmente, passar pela verificação do CRM. Ademais, há a checagem dos antecedentes criminais e processos administrativos. Por último, o profissional precisa enviar uma carta de interesse explicando porque gostaria de trabalhar com pessoas LGBTQIA+.

Os dados, de acordo com os desenvolvedores, são criptografados e exclusivamente do usuário. Logo, não há venda nem compartilhamento dessas informações para terceiros.

A busca por médicos é feita por nome, localização e especialidade, além do app apresentar reviews dos usuários de cada profissional. Quanto às consultas, por enquanto, só há a opção de atendimento pago.

Fonte Saúde Abril Agência Brasília Delas IG
Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.