Como regularizar seu CPF online no ‘Meu CPF’ da Receita Federal

A Receita Federal lançou em seu site a seção ‘Meu CPF’, que reúne os principais serviços e orientações para regularizar a situação cadastral do seu CPF

Com o aumento nas demandas pelos serviços relacionados ao CPF, a Receita Federal lançou em seu site a seção ‘Meu CPF’. Nele, reúnem-se os principais serviços e orientações para regularizar a situação cadastral do seu CPF, simplificando os processos e esclarecendo as dúvidas.

Assim, o cidadão não precisa sair de casa para lidar com a burocracia. Portanto, o cidadão pode atualizar o CPF pela internet e, se houver necessidade de apresentar seus documentos de identificação, pode enviar por e-mail à Receita Federal, anexando uma selfie sua segurando o documento, para comprovar sua legitimidade.

 

Como consultar a situação do seu CPF?

Em primeiro lugar, é necessário saber qual é o problema com o seu CPF. Dessa forma, você deve consultar a sua situação cadastral no site da receita. Basta:

  1. Acesse o site da Receita Federal em “Comprovante de Situação Cadastral no CPF”;
  2. Preencha os campos de CPF, data de nascimento e marque em “Não sou um robô”, ou realize a consulta com captcha sonoro;
  3. Em frente a “Situação Cadastral” será informada.

A Receita Federal disponibilizou uma cartilha que esclarece os principais problemas e como o cidadão pode lidar com eles:

 

Como regularizar situação do seu CPF?

1. Pendente de regularização

Significa que você não entregou alguma Declaração do Imposto de Renda. Assim, você deve:

  1. Consulte qual declaração está em falta, através do portal e-CAC, com uma conta do Gov.Br ou código de acesso;
  2. Após descobrir a declaração que falta, é preciso entregá-la no próprio Portal e-CAC ou APP Meu Imposto de Renda.

Dessa maneira, o seu CPF ficará regular assim que a declaração for processada. Isso pode acontecer no dia seguinte.

 

2. CPF suspenso

Significa que seu CPF está com informações incorretas ou incompletas. Para resolver o problema, você deve:

  1. Entrar com um pedido de regularização e preencher com as informações corretas;
  2. Após confirmar, será gerado um protocolo para você apresentar seus documentos à Receita Federal. Portanto, será preciso agendar um atendimento na unidade ou enviar os documentos por e-mail.

 

3. Titular Falecido

Para casos onde aparece indevidamente que o titular está falecido é porque significa que foi informada a data de falecimento no CPF. Para resolver, agende um atendimento em uma unidade da Receita Federal e converse com um dos atendentes, levando seus documentos de identificação.

 

4. CPF cancelado

O CPF cancelado acontece, então, em casos de duplicidade ou por decisão em um processo. Caso aconteça o cancelamento do seu CPF, agende um atendimento em uma unidade da Receita Federal e converse com um dos atendentes, levando seus documentos de identificação.

 

Segundo as informações, as alterações e regularizações de CPF levam em média 72 horas para serem atualizadas nos sistemas da Caixa Econômica Federal, para fins de solicitação do Auxílio Emergencial.

 

Leia também:

Qual a validade do RG, CPF e outros documentos pessoais? Confira

CPF negativado: quem tem nome sujo pode tirar passaporte?

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.