Guia Fies 2021: saiba como conseguir o financiamento estudantil

O Ministério da Educação (MEC) vai disponibilizar 93 mil vagas para candidatos que buscam uma bolsa de estudos de até 100% em universidades privadas. Saiba como conseguir o financiamento, data de inscrições e mais

O Ministério da Educação (MEC) abrirá 93 mil vagas para universitários fecharem contratos no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) ao longo de 2021. O programa oferece financiamento para estudantes cursarem o ensino superior em universidades privadas cadastrados no sistema. O objetivo é facilitar o acesso de jovens de baixa renda à educação superior, com juro real zero e financiamento de no mínimo 50% da mensalidade em cursos.

Em 2019, o MEC havia anunciado a intenção de reduzir as vagas do Fies a partir de 2021. Segundo a pasta, os contratos de financiamento poderiam cair de 100 mil para 54 mil ao ano. No entanto, de acordo com o plano de vagas divulgado na semana passada, a previsão ainda não se confirmou.

Como conseguir o Fies em 2021?

O Fies oferece duas possibilidades de conseguir o financiamento por ano. O estudante pode se encaixar em duas opções para o programa: 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

  • a primeira oferece vagas com juro zero para estudantes com renda mensal familiar de um a três salários mínimos;
  • a segunda, chamada P-Fies, tem juros variáveis e é direcionada a alunos com renda mensal familiar de até cinco salários mínimos.

 

Quando começa a inscrição para o Fies 2021?

A edição do primeiro semestre de 2021 abrirá vagas de 26 a 29 de janeiro e, para conseguir uma vaga, é preciso utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No primeiro semestre, o Fies usará notas de anos anteriores, já que os resultados da edição do Enem 2020 serão divulgados só em março. O MEC ainda não informou quantas vagas estarão disponíveis nesta etapa.

 

Como funciona a seleção do Fies?

O Fies pode financiar de 50% até 100% do valor da mensalidade de um curso de graduação, dependendo da renda mensal da família do estudante. Para se inscrever no Fies, os candidatos devem acessar a página do FIES Seleção e fazer o cadastro. Utilizando as pontuações obtidas pelos candidatos no Enem, as notas de corte do Fies variam de acordo com o desempenho dos candidatos que disputam uma mesma vaga – mesmo curso, faculdade, turno e unidade – naquele semestre.

Desde o dia de abertura das inscrições para o programa, os candidatos vão colocando suas notas no site do Fies – e consequentemente, as notas de corte dos cursos e das faculdades também aumentam. Caso a sua pontuação for maior que a nota de corte apresentada no sistema, você provavelmente conseguirá uma vaga no programa. 

Assim, a concorrência por uma vaga cresce na medida em que pessoas com maiores notas cadastram seu interesse por um curso. No Fies, as notas de corte mudam todos os dias até o final da seleção. Por isso, é preciso ficar atento às variações da concorrência para não perder a vaga e ficar de fora.

Quem pode se inscrever no Fies?

Para participar do processo seletivo do Fies, é necessário obedecer aos seguintes critérios:

  • Apresentar desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação de qualquer edição do Enem a partir de 2010.
  • Possuir renda familiar bruta mensal de no máximo três salários mínimos por pessoa.
  • Ou, na modalidade P-Fies, que tem juros variáveis e é direcionada a alunos com renda mensal familiar de até cinco salários mínimos

 

Como saber o valor da minha dívida no Fies?

A consulta sobre o saldo devedor pode ser feita diretamente com o banco responsável pelo financiamento, onde o contrato de empréstimo foi feito. Caso o estudante não pague a dívida do Fies, terá o nome incluído na lista de inadimplentes do Serasa.

 

O que é P-Fies? 

O P-Fies é uma outra modalidade de financiamento estudantil, em que o empréstimo é concedido diretamente por instituições financeiras, que assumem integralmente o risco do financiamento. Para essa modalidade de financiamento, não há classificação com base na nota do Enem e também não é estabelecido um limite de renda para participar. Os candidatos podem se inscrever a qualquer momento do ano, já que não é necessário nota do Enem para participar. Para o P-Fies, os valores máximo e mínimo de financiamento são definidos pelo banco.

 

Calendário do Fies 2021 

  • Inscrição: 26 a 29 de janeiro de 2021 
  • Prazo para renegociação do Fies: até 31 de janeiro de 2021 
  • Resultado: 2 de fevereiro de 2021 
  • Complementação da inscrição – pré-selecionados em chamada única: 3 a 5 de fevereiro de 2021 
  • Convocação por meio de lista de espera: 3 de fevereiro até 18 de março de 2021.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes