Quais as melhores universidades do mundo e quanto custa estudar?

Oxford, Stanford, Harvard e MIT figuram entre as universidades mais desejadas por alunos de todo o mundo. Veja quais as melhores, e quanto custam.

Oxford, Stanford, Harvard e MIT figuram entre as melhores  universidades do mundo. Veja quais as mais bem cotadas, e quanto custa estudar lá. 

As melhores universidades do mundo são definidas pelo Times Higher Education World University Rankings. Nesse sentido, a seleção avaliou 1.500 instituições de ensino em 93 países.

A classificação é baseada em treze indicadores, que medem o desempenho em quatro áreas. Isso inclui o ensino, pesquisa, transferência de conhecimento, além da perspectiva internacional. Em suma, a pesquisa envolveu 22 mil entidades em todo o mundo.

Quais as melhores universidades do mundo?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Oxford, Stanford, Harvard e MIT lideram a lista, universidades tradicionalmente muito procuradas por estudantes de todo o mundo. Deste modo, segue a lista segundo a pesquisa Times Higher Education:

A Universidade de São Paulo (USP) aparece como a melhor universidade do Brasil e da América Latina. Entretanto, não figura entre as 200 melhores do mundo. 

Na pesquisa de 2020 USP e Unicamp subiram no ranking. Por outro lado, 44 universidades brasileiras ficaram estacionadas, enquanto 6 novas entraram na lista.

Quanto custa estudar lá fora?

Os custos variam de US$ 60 mil a US$ 85 mil por ano. De fato, são incluídas as mensalidades, moradia, alimentação, transporte, seguro saúde, entre outros.

Todavia, os valores variam dependendo do país, além da universidade pretendida.  Algumas instituições reservam parte das bolsas para estudantes que apresentam as melhores notas.

Você sabia que é possível comprar dólares através das criptomoedas? O Mercado Bitcoin oferece a negociação do USD Coin (USD), stablecoin auditada e lastreada em dólares.

Certamente, estudar no exterior é o sonho de muitos brasileiros. Entretanto, não basta ter dinheiro para cursar as melhores universidades. De certo, estas instituições são abertas para aplicações de estudantes estrangeiros. 

Diante disso, o candidato é avaliado com base no histórico acadêmico, e currículo. Não obstante, são necessárias cartas de recomendação, e boas notas nos testes.

Exames para entrar nas melhores universidades

Primeiramente, o Scholastic Aptitude Test (SAT) é um teste projetado para medir habilidades de leitura crítica, matemática e escrita. Desse modo, a maioria das universidades solicita resultados deste exame.

Enquanto isso, o American College Testing (ACT) é uma avaliação do conhecimento em inglês, matemática, leitura, ciência e redação. De maneira similar ao SAT, o exame é amplamente usado pelas universidades americanas nos processos de admissão.

Cabe lembrar que o visto de estudante para os Estados Unidos não dá direito a trabalhar. Portanto, o estudante precisa contar com um suporte financeiro.

Como conseguir uma bolsa de estudos?

Para concorrer às bolsas é necessário ter fluência comprovada em inglês. Existem diversas oportunidades para bolsas, embora a maioria cubra apenas parte do investimento necessário.

O TOEFL é um exame que avalia o potencial individual de falar e entender o inglês em nível acadêmico. Já o IELTS é um exame internacional de proficiência em inglês. 

É comum essas melhores universidades oferecerem bolsas por mérito acadêmico, esportivo ou por outro talento. Em oposição, existem casos concedidos por necessidade financeira.

Em qualquer dos casos, é preciso pesquisar as possibilidades de bolsas e subsídios. Primeiramente, acesse o site das universidades de seu interesse. Em seguida, visite a página dedicada aos estudantes internacionais, geralmente chamadas de International Admissions.

Certamente você irá encontrar uma seção dedicada às bolsas de estudo com todas as informações necessárias. Do mesmo modo, procure sites de organizações independentes de bolsas de estudo.

Famosos que passaram pelas melhores universidades

Alunos das melhores univerdsidades, Elon Musk e Zuckerberg

Mark Zuckerberg – Harvard. Um dos ex-alunos mais conhecidos de todos os tempos. O fundador do Facebook cursou Psicologia e Ciência da Computação.  

John F. Kennedy – Harvard. Foi o segundo presidente mais jovem dos EUA. Assumiu a presidência em 1960, aos 43 anos e governou até 1963, quando foi assassinado. Antes de iniciar a carreira política, porém, estudou Relações Internacionais.

Arnold Schwarzenegger – Wisconsin. O jovem austríaco começou a estudar quando estava no auge de sua carreira como fisiculturista. Dessa maneira, formou-se em economia, e ficou milionário antes dos 30 anos. Além disso, Arnold se tornou governador da Califórnia.

Stephen Hawking – Oxford. Um dos cientistas mais conhecidos do mundo. O físico britânico entrou na Universidade de Oxford em 1959. Ingressou no curso de Matemática, mas acabou se formando em Física, no ano de 1962.

Barack Obama – Columbia e Harvard. Antes de marcar a história como o 44º presidente dos Estados Unidos, Obama estudou Ciência Política na Universidade de Columbia. Além disso, o ex-Presidente e cursou Direito em Harvard. 

Elon Musk – Pennsylvania. Conhecido pelas invenções excêntricas e pela genialidade, o bilionário sul-africano formou-se em Física em 1997. CEO da Tesla e da SpaceX, o empresário pretende enviar a primeira missão tripulada para Marte em 2024.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes