Passaporte brasileiro: aprenda como tirar o documento pela primeira vez

O passaporte brasileiro é o documento de identificação necessário para qualquer viagem fora da região do Mercosul e recentemente ficou ainda mais fácil fazê-lo. Saiba tudo.

O passaporte brasileiro é um documento que permite que o titular se identifique em outros países. Além disso, é no passaporte que se registram as entradas e saídas de territórios, assim como os vistos e autorizações concedidos ao titular.

A emissão desse documento é feita pela Polícia Federal e, desde 2007, o processo de solicitação do passaporte brasileiro migrou para o meio eletrônico e ficou mais fácil. Assim, através do Sistema Nacional de Passaportes (SINPA), você inicia o processo pela internet e só precisa comparecer a um local de atendimento presencial para fazer a foto e a captura biométrica.

Mas cada um desses passos toma um certo tempo e, se você está pensando em viajar, é bom começar o processo com alguma antecedência. Entenda melhor:

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O que é preciso para tirar o passaporte pela primeira vez?

 

Reunir os documentos necessários

 

Primeiramente, para tirar o passaporte brasileiro (sendo primeira vez ou não) será solicitada a apresentação de:

  1. Documento de identificação em bom estado de conservação
  2. Título de eleitor 
  3. Comprovantes de votação da última eleição (se foram dois turnos, leve os dois comprovantes) ou a Certidão de Quitação Eleitoral que pode ser obtida no site da Justiça Eleitoral.
  4. Comprovante de Quitação de Serviço Militar (para homens)

O documento de identificação deve apresentar foto, a não ser que estejamos falando de um menor de 12 anos. Sendo assim, as opções listadas pelo site da Polícia Federal são:

  • Carteira de identidade (RG) ou carteira profissional 
  • Carteira Nacional de Habilitação (CHN) acompanhada de outro documento original que comprove local de nascimento
  • Declaração da FUNAI ou Carteira de identidade do indígena
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) 
  • Documento de identificação digital reconhecido por Lei Federal 

No dia do agendamento, os documentos devem ser apresentados em via original, podendo ser segunda via, não podem conter rasuras e devem estar válidos, caso possuam validade expressa. Durante o atendimento, o oficial faz a conferência de seus documentos e os devolve em seguida.

 

Outros documentos que podem ser necessários

 

Além disso, existem algumas particularidades que devem ser observadas:

  • Caso seu CPF não apareça no seu documento de identificação, ele também deve ser apresentado.
  • Se você alterou seu nome por algum motivo, deve apresentar Certidões (de Nascimento ou Casamento) que demonstrem os nomes anteriores.
  • Menores precisam de autorização para emissão do passaporte e crianças menores de 5 anos devem apresentar fotografia facial recente, tamanho 5×7, colorida, sem data e de fundo branco. 

Separou todos os documentos? Hora do próximo passo

 

passaporte brasileiro 2
Imagem: Reprodução / Unsplash

 

Preencher o formulário de solicitação do passaporte brasileiro

 

O formulário da Polícia Federal possui quatro sessões: Dados Pessoais, Documentos, Dados Complementares e Revisar Dados.

Em Dados Pessoais, você deve informar seu nome, filiação, nacionalidade, raça, e local de nascimento. Além disso, nessa seção você verá alguns campos que não precisam ser preenchidos caso não se apliquem a você, como nomes anteriores e adoção internacional. Sendo assim, não é necessário fazer nada nesses campos, apenas ignore-os.

Em Documentos, você terá de inserir os dados do documento de identificação que for apresentar no dia. O campo Certidão deve ser preenchido apenas para aplicação de passaporte para menores de 12 anos e o campo Passaporte Anterior apenas caso você tenha um.

Em Dados Complementares, você terá de inserir sua profissão, email e endereço residencial e em Revisar Dados você terá de conferir toda a informação que inseriu. Faça isso com muita atenção para evitar problemas futuros na emissão e uso do seu passaporte. 

No final do processo, imprima ou salve no seu computador o Protocolo de Solicitação do Documento de Viagem, que é um documento que você vai precisar depois.

 

Pagar a taxa de solicitação do passaporte brasileiro

 

Ao finalizar o preenchimento da solicitação, um boleto chamado GRU (Guia de Recolhimento da União) será gerado no valor da taxa do passaporte brasileiro. O pagamento poderá ser feito em qualquer banco, aplicativo ou lotérica.

Após a compensação bancária ( que ocorre entre 24 e 72 horas úteis) será possível agendar o atendimento presencial no site

 

Agendar o atendimento presencial

 

Assim que a compensação bancária acontecer, você deve voltar ao site do Serviço Nacional de Passaportes para realizar o agendamento do atendimento presencial. 

Você terá de inserir seu CPF, data de nascimento e o número de protocolo da sua solicitação. Caso o banco ainda não tenha processado seu pagamento, você apenas não conseguirá ir adiante e terá de tentar no dia seguinte.

Hoje em dia, existe uma série de postos da Polícia Federal espalhados pelo país, inclusive em shopping centers. Logo, procure um próximo a você e escolha um dia e horário que caibam na sua agenda.

A agenda costuma ser bem cheia e é não é incomum que só se consiga uma data para o mês seguinte. Sendo assim, jamais deixe o passaporte brasileiro para a última hora. 

 

Atendimento presencial

 

Compareça no dia e data selecionados com todos os seus documentos originais. Lembre-se: cópias não são aceitas. Além dos documentos, leve junto os comprovantes do pagamento da GRU, da solicitação do passaporte e do agendamento.

Programe-se para estar no local com 30 minutos de antecedência, evitando problemas, e tenha em mente que, além das suas digitais, a foto do seu passaporte será tirada nesse dia. Logo, talvez você queira investir uns minutos a mais na sua aparência antes de sair de casa.

 

Retirada no posto de atendimento

 

Para retirar o passaporte brasileiro, você não precisa agendar horário. Dessa forma, basta se apresentar no mesmo posto de atendimento no qual o passaporte foi solicitado com um documento de identificação válido.

Caso você não possa ir buscar o seu passaporte imediatamente, não tem problema. Porém, existe um prazo para sua retirada de até 90 dias após a data de entrega combinada. Após isso, ele é descartado.

 

Quanto custa tirar o passaporte brasileiro?

 

Em 2015, o valor do passaporte brasileiro foi reajustado em R$ 257,25, valor consideravelmente mais caro do que o anterior. No entanto, existe uma grande vantagem: o passaporte que durava 4 anos agora dura 10.  


Quanto tempo demora para receber o passaporte brasileiro?

O passaporte brasileiro não leva muito tempo para ficar pronto: a data de retirada costuma variar entre 6 e 10 dias após o atendimento presencial. De qualquer forma, a data estará no protocolo de atendimento entregue pelo oficial no final da sua visita. 

Porém, não conte com receber esse prazo de entrega curto, pois ele não é uma regra e, especialmente em períodos de demandas altas ou imprevistos, ele poderá ser maior. 

Além disso, esse número de protocolo é o que você usará para consultar o andamento do seu passaporte no site da Polícia Federal. Assim, você pode verificar se seu passaporte já está no posto para retirada antes de sair de casa.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes