Golpe no PIX e Whatsapp clonado: saiba como evitar

Falha do PIX devolvendo em dobro? Cuidado com o novo golpe, dizendo que transferir para certas chaves traz depósitos em duplicidade. Entenda aqui!

Golpes do PIX estão se tornando mais comuns. Afinal, com o novo sistema de transferência, os criminosos se atualizaram. Deste modo, aproveitam a plataforma digital para buscar dinheiro fácil. 

Nesse sentido, promoções e links falsos costumam ser usados como isca. Não caia nessa armadilha! 

Como é o golpe do “bug do PIX em dobro”?

Nesse golpe, os criminosos afirmam que encontraram um bug (falha) no sistema do PIX do Banco Central. Diante disso, alegam que ao enviar dinheiro para determinada chave, o sistema reverte o dinheiro em dobro.

Certamente os golpistas são criativos. Juntamente com as mensagens, publicam fotos e vídeos nas redes sociais mostrando a suposta falha. Além disso, alegam que só acontece quando é feita a transferência para uma chave específica.

Os criminosos fazem uso da “engenharia social”, utilizando vídeos bem elaborados e chamativos. Frequentemente pedem para compartilhar, e assim enganar mais pessoas.  Assim funciona o golpe do PIX.

Contudo, estes vídeos são editados ou contém truques. Por exemplo, para mostrar a transferência “em dobro”, basta que os próprios golpistas realizem duas transferências utilizando outro dispositivo. 

Você sabia que já é possível depositar via PIX na sua conta da exchange Mercado Bitcoin? Aproveite para testar esta novidade!

- PUBLICIDADE -

Como os golpistas fazem isso?

Na mensagem que precede o vídeo, os golpistas explicam que a falha só ocorre em chaves específicas. Entretanto, essas chaves são as contas dos próprios golpistas. 

Desse modo, quem transfere o dinheiro para “testar” se o erro existe, está enviando dinheiro para os golpistas. 

Em resumo, não existe o tal bug, ou golpe do PIX em dobro. Os criminosos usam uma mensagem chamativa e altamente compartilhável para enganar as pessoas e receber as transferências. 

Portanto, desconfie sempre de mensagens que prometem ganho de dinheiro fácil. Em caso de problemas ou dúvidas, entre em contato com o seu banco. 

Leia também

Covid-19: hospitais particulares de São Paulo tem fila de…

Total War: Fates Divided HREE KINGDOMS será lançado em 11 de…

O que muda no “golpe do WhatsApp”?

Imagem do aplicativo Whatsapp em um dispositivo móvel
Imagem: Divulgação

Embora o golpe não seja novo, o meio de pagamento é. Os golpistas induzem a vítima a repassar um código recebido no celular. Isso pode variar entre código para confirmação de um anúncio, confirmação de cadastro, ou similar.

- PUBLICIDADE -

O código repassado permite que o golpista tome conta da conta no WhatsApp. Em seguida, enviam mensagens para os contatos solicitando a transferência de uma quantia pelo PIX.  Este é outro golpe do PIX.

Para isso, inventam uma história convincente. Dessa maneira, milhares de pessoas, acreditando ser um pedido do parente ou amigo, fazem a transferência pelo PIX para a chave do golpista. 

Nesse sentido, utilizando o PIX, o dinheiro entra na conta do destinatário em alguns segundos. Portanto, não dá tempo de bloquear a operação. Por último, quando a vítima percebe, o criminoso já sacou o dinheiro.

Como se prevenir desses ladrões?

Antes de tudo, a principal dica é: desconfie. Por mais que um conhecido peça dinheiro pelo PIX, é indispensável ligar para o seu contato.

Além disso, sempre que houver uma proposta de dinheiro fácil, a solução é ter paciência e investigar. Não acredite nos comentários e vídeos postados em redes sociais.

Para quem usa o WhatsApp, a melhor maneira de se prevenir é ativando a autenticação de dois fatores. Por fim, jamais repasse um código de confirmação recebido por mensagem.

Caí no golpe do PIX, e agora?

- PUBLICIDADE -

A primeira atitude a se tomar é avisar ao banco sobre a transação. Em seguida, procure registrar a queixa na delegacia de crimes virtuais de sua região.

Entretanto, nada assegura a devolução, porque os criminosos podem ter sacado o dinheiro. De fato, os bancos não podem ser responsabilizados por uma ação quando não há erro dentro da plataforma bancária. Este golpe do PIX é causado pela inadvertência do usuário.

Por fim, quem teve o perfil do Whatsapp roubado, deve solicitar a verificação da conta via SMS. Em seguida, é necessário reinstalar o aplicativo e notificar amigos e família. Por fim, deve-se contatar o suporte pelo e-mail [email protected] e ativar a autenticação de dois fatores.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes