Buldogue Francês: tudo o que você precisa saber antes de ter um

Os buldogues franceses surgiram no século XIX, vindo de uma mistura do tradicional buldogue inglês. Confira, então, as principais características da raça antes de ter um.

0 154

Você já ter visto um buldogue francês e se encantado com o pequeno. Esse cãozinho se tornou muito popular no Brasil e no mundo. Mas antes de adquirir um da raça, é preciso conhece-lo melhor para lhe dar o tratamento e estádia adequados. Confira o que você deve saber antes de se tornar papai ou mamãe de um buldogue francês.

História do buldogue francês

O buldogue francês surgiu no século XVIII. O animal como conhecemos hoje vem de uma mistura. A Inglaterra ajudou com a base da raça, que foi o antigo Buldogue. Em seguida, criadores franceses transformaram esses pequenos buldogues em um tipo francês distinto. Dessa mistura, os animais ganharam as orelhas de morcego e se tornaram populares entre trabalhadores urbanos, como açougueiros e padeiros. Mas depois de aparecem nas pinturas de Edgar Degas e Henri de Toulouse-Lautrec ficaram famosos entre a elite do século XIX.

Como cuidar de um buldogue francês?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O buldogue francês pode ser um bichinho delicado de se cuidar. Pois podem apresentar problemas de pele e suas dobrinhas precisam de atenção especial. O dono do buldogue francês deve ter manter as dobrinhas do cão limpas e as orelhas também para evitar infecções. Assim como todos os cães com focinho achatado, costuma roncar bastante, quase que o tempo todo.

Apesar de pequenos, os buldogues franceses são pesados e costumam ter dificuldades para nadar, então fique atento com piscina ou praia.

Por ter o focinho curto, o animal requer alguns cuidados também.  Os cachorros dessa raça podem ter dificuldades para respirar em altas temperaturas. Por isso, o recomendado é sempre mantê-los em ambientes arejados e abertos.

Além disso, como tem os olhos mais saltados do que outros cães é bom ficar atento também, tomar cuidado para evitar qualquer tipo de pancadas na região.

Além disso, o buldogue francês tem tendência a engordar, por isso, lembre-se de fazer caminhadas leves com o cão. Por isso também, não exagere na comida, algumas marcas têm rações especiais para essa raça. E claro, sem exagerar nas atividades, pois o animal tem facilidade de adquirir doenças respiratórias e certa dificuldade para respirar.

Temperamento e comportamento

Os cãozinhos dessa raça são muito dóceis, carinhosos e amorosos com os donos. Adoram brincar e tem energia de sobra. Porém, o buldogue francês gosta de se impor, então tende a ser territorialista e pode apresentar problemas de convivência com outros animais. Contudo, os cãozinhos são muito apegados à família, por isso, gostam de estar sempre junto aos donos e dentro de casa. São muito companheiros e amigáveis.

No ranking de obediência canina publicado no livro A Inteligência dos Cães, do especialista Stanley Coren, o Buldogue Francês está na posição 58ª de 79. Segundo seus estudos, os Buldogues Franceses tendem a repetir um mesmo exercício de adestramento por, mais ou menos, 25 vezes até que possam compreendê-lo. O que não o atrapalha a seguir regrinhas básicas, mas quando o assunto é adestramento é preciso ter um pouco mais de paciência com o animal, pois é um cachorro teimoso, apesar de inteligente.

Além disso, a expectativa de vida do Buldogue Francês é de 10 a 12 anos.

  • Temperamento Alegre, ativo, apegado ao dono
  • Porte Pequeno (até 14 kg)
  • Vive em apartamento? Sim

Raça popular

O buldogue francês já era famoso no século XIX, mas nos dias de hoje também é popular entre algumas celebridades. Personalidades como Lady Gaga, Leonardo DiCaprio, Reese Witherspoon, David e Victoria Beckham e muitas outras celebridades também são amantes dos Buldogues franceses. A cadelinha de Lady Gaga já tem até mesmo um perfil no Instagram, com mais de 200 mil seguidores.

Foto da cachorra de Lady Gaga
Asia, cachorra de Lady Gaga (Foto: Reprodução/Instagram)

Qual o preço de um buldogue francês?

Devido ao seu tamanho, problemas respiratórios e na coluna, os buldogues franceses podem ficar exaustos e superaquecidos na hora de acasalar. Por isso, muitos buldogues são feitos por meio de inseminação artificial. Além disso, muitos nascem por meio de cesárea. Portanto, os filhotes dessa raça costumam ser caros. O preço varia entre R$2.500 a R$5.000.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes