Fã idosa presente no documentário de Anitta abre processo contra a cantora

Fã afirma que não autorizou o uso de sua imagem no documentário da Netflix

A cantora Anitta e a plataforma de streaming Netflix receberam um processo judicial em decorrência do uso indevido da imagem de uma fã idosa. A fã em questão aparece em um dos episódios do documentário Anitta – Made In Honorio. Desse modo, Dona Maria Ilza de Azevedo, abriu um processo contra a intérprete de Modo Turbo, afirmando que não sabia que estava no documentário da cantora. 

Segundo os advogados de Dona Maria Ilza, a senhora estava internada no CTI de um hospital em decorrência da contaminação da Covid-19. Então, ao receber inúmeras ligações de amigos e vizinhos, ela descobriu que sua imagem estava presente na série, mas isso sem a sua autorização. E tem mais: as ligações que ela recebeu em maior parte eram zombarias, além de questionarem a sua sanidade mental. 

A ação ocorreu no dia 18 de dezembro, e o juiz decidiu que o caso não tinha caráter urgente. No dia 24 de dezembro, dona Ilza desistiu da ação, porém ela ainda não foi extinta. A série documental Anitta – Made In Honorio estreou no dia 16 de dezembro de 2020 na Netflix, e acompanha a vida da funkeira e suas origens. 

Entenda a aparição da fã no documentário de Anitta

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Anitta
Imagem: Reprodução

Em um dos episódios de Anitta – Made In Honório, a funkeira recebe a idosa em sua casa. Mas, de acordo com os advogados de dona Maria Ilza, a cantora ridiculariza a imagem da senhora. Isso porque, nas gravações, ela mostra a senhora entrando em sua casa sem autorização.

 

Mais dessa história

Anitta
Imagem: Reprodução

Os advogados de Dona Maria Ilza ainda relatam que mesmo internada, a senhora foi prejudicada pelo aparecimento no documentário. Eles relatam que ela se tornou motivo de piada no hospital, sendo alvo de brincadeiras e risadas. Além disso, toda essa perturbação teria desencadeado um grande abalo psicológico. 

O que Anitta diz sobre o caso?

Em seus stories, ao ser questionada sobre Maria Ilza ter invadido a sua casa, Anitta declarou: “Gente, pelo amor de Deus, ela é uma fofinha inclusive. Mas qualquer ser humano que entre na minha casa sem ser convidado, eu não vou gostar. Inclusive, eu só tratei bem justamente por ela ser uma senhora de idade.”

Outras polêmicas envolvendo o documentário Made in Honório

Anitta
Imagem: Reprodução

Mas, Anitta – Made In Honorio já rendeu outras polêmicas. Logo depois de estrear na Netflix, os internautas se chocaram com algumas revelações feitas pela cantora. Assim, a principal delas era a de que a funkeira tinha sido estuprada aos 14 anos. Outro fato que atiçou a internet, foi quando Anitta surgiu gritando e xingando um membro de sua equipe pelo telefone.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes