Cleo conta experiência de sexo a 3: ‘com dois homens ao mesmo tempo’

Completaram 10 anos desde que a atriz e cantora posou para a Playboy.

Completaram 10 anos desde que a atriz e cantora Cleo, posou para a Playboy. Em um bate papo com Theodoro Cochrane, em seu canal no Youtube, a filha de Glória Pires relembrou as capas para a revista adulta.

Por que Cleo posou para a Playboy?

Há 10 anos, Cleo posou para não uma, mas duas capas da Playboy. Em vídeo, ela conta como foi a espera de fazer dois ensaios para o ano em que o veículo completava 35 anos.

“Não era uma coisa que eu tinha vontade de fazer, mas de repente eu tive, aconteceu. Eu gosto de nudez, eu acho bonito, eu gosto de coisas sexys”, conta. “Foi uma mistura de eu gostar muito de ficar pelada”, revelou.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Quando eu comecei no mundo artístico eu vi que sempre se esperava  isso [conteúdo sensual] da mulher, eu tomei uma certa ojeriza”, disse, mas revelou que com o tempo, era algo que ela gostava e não deixaria de fazer . 

Cleo e a cobrança em ser ‘padrão’

Após anos sofrendo com a luta pelo ‘corpo ideal’, Cleo, que já sofreu body shaming [vergonha do corpo], criticou esse tipo de pressão social. “O padrão leva você a ser lisinha, magra – mas com gordura nos lugares certos, ser sexy. Esse é o padrão. Mas é sobre escolha.E se eu não tiver a fim [de seguir o padrão]?”.

“As pessoas me levarem a sério não pode ter a ver com eu ser sexy ou não”, completa.

Quando engordou, Cleo sofreu uma grande pressão e se manifestou nas redes sociais. “Passando aqui para dizer que nesse tempo de carreira, enquanto você me assistia esperando que eu correspondesse a sua expectativa sobre a minha magreza, eu estive pressionada a me manter no padrão estético sufocante que esperavam de mim. São muitas marcas e muitos abismos.”

Atriz revela experiência com dois homens

Depois de folhear algumas páginas de uma da revista, Cleo comentou sobre sexo a três. “Tinha uma coisa de ser sempre um trisal de uma mulher e dois homens. Eu tinha experiência com dois homens. As pessoas ficavam: ‘aí mas homem pegando homem?’”, contou ela.

Ao final da entrevista, Cleo foi questionada sobre o que falaria para seu “eu” do passado. “Eu diria continua com essa autoconfiança, não deixa ninguém tirar isso de você”, completa.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes