Conheça a história de amor de Nicette Bruno e Paulo Goulart

Atriz, que está internada com Covid-19 e apresenta melhoras, teve relacionamento de 62 anos.

Nicette Bruno, de 87 anos, testou positivo para o novo coronavírus e precisou ser internada, no Rio de Janeiro. Está com ventilação não-invasiva e apresentou melhoras, de acordo com a filha, Beth Goulart. Atriz é um dos grandes nomes da dramaturgia brasileiras e ainda viveu uma longa e conhecida história de amor com Paulo Goulart, com quem ficou por 62 anos.

Como está o quadro de saúde de Nicette Bruno?

A atriz está no CTI da Casa de Saúde São José, no Humaitá, Rio de Janeiro. Beth Goulart contou à colunista Patricia Kogut que os médicos farão o teste de retirar a ventilação não-invasiva para avaliar sua resposta respiratória. “Sabemos que temos uma batalha pela frente. Vamos continuar com a corrente de pensamento positivo. Se Deus quiser, ela sairá vitoriosa, com saúde.”

Nicette Bruno está consciente e conversando com os profissionais do hospital. Segundo a filha, provavelmente contraiu Covid-19 durante uma reunião familiar. “Mamãe ficou muito protegida durante dez meses. Coloquei numa redoma. Mas as coisas acontecem quando a gente menos espera. Um parente foi visitá-la e não sabia que estava doente. Mas meu irmão teve e meu filho e minha nora também pegaram”, falou ao jornal O Globo.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Esta pandemia não poupa ninguém, por isso, é importante tomar todos os cuidados, seguir todos os protocolos. Mamãe está enfrentando esta batalha contra o vírus e eu creio que ela vai sair dessa com muita força. Deus tudo pode. Eu crio. Ela vai ser curada”, escreveu Beth no Instagram.

História de amor de Nicette Bruno e Paulo Goulart

O relacionamento dos atores durou 62 anos. Quando o marido morreu, em 2014, Nicette deu uma entrevista ao “Fantástico” e falou: “Nosso amor vai durar para sempre.”

Os dois se conheceram no teatro, quando ela tinha 18 anos. “Eu só comecei a olhar para ele com algum interesse para um namoro depois da estreia. Porque Abelardo Figueiredo, e que secretariava a companhia, disse: ‘Olha Nicette, vai ter namoro na companhia’. E eu digo: ‘É mesmo? De quem?’. Da mocinha com o galã. Sim, o Paulo tá apaixonado por você. E aí eu comecei a olhar pra ele com outros olhos”, contou.

Na ocasião, ainda mencionou o cavalheirismo do marido. “Muito, meu Deus, com todos. Comigo em especial. Ele fazia as coisas, assim, que eu não esperava. Ele, às vezes, chegava com uma flor, deixava bilhetinhos para mim. Ele era um homem muito especial, mesmo. Porque ele estava sempre com uma palavra amiga, ele estava sempre com uma lição a transmitir. E agora, o que ele deixa? Ele deixa essa grande saudade. Ele deixa essa grande lembrança. E essa grande paz.”

O casal teve três filhos: Bárbara Goulart, Beth Goulart e Paulo Goulart Filho.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes