Felipe Neto é indiciado por ‘corrupção de menores’; entenda a polêmica

Youtuber está sendo indiciado por corrupção de menores pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. Entenda toda a polêmica e saiba o que Felipe Neto diz em sua defesa

A Polícia Civil do Rio de Janeiro indiciou no dia 5, nesta quinta-feira, Felipe Neto por corrupção de menores. O indiciamento teria ocorrido logo após uma denúncia anônima relatar que o youtuber teria publicado conteúdo impróprio para menores de 18 anos em seu canal. A denúncia relata ainda que o digital influencer não teria colocado classificação etária no suposto conteúdo.

Nesta sexta-feira (6), Felipe Neto recorreu às redes sociais para afirmar que está sendo ‘vítima de uma articulação bolsonarista’. Além disso, o youtuber se diz tranquilo com as acusações e que vai esperar na Justiça.

“Faço questão de divulgar eu mesmo: Baseado em denúncias caluniosas feitas pela articulação do ódio bolsonarista, um delegado decidiu me indiciar sem apurar nada ou fazer qualquer investigação. Confiamos inteiramente na justiça. Já esperávamos isso e estamos 100% tranquilos”, disse Neto.

O youtuber ainda divulgou uma nota de sua assessoria de imprensa em que ressalta ter ‘prestado esclarecimentos necessários’ à Justiça. Em seguida, o famoso reitera que ‘nunca praticou crime algum’.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Nota da assessoria de imprensa de Felipe Neto

“Por meio de sua assessoria de imprensa, Felipe Neto reitera que o inquérito está apurando as mesmas falsas acusações e desinformações. Todas há meses vêm sendo cometidas e articuladas por membros da extrema-direita, fortemente incomodados com as críticas ao governo Bolsonaro”, diz trecho.

Representantes do youtuber ainda afirmam que o mesmo tentou prestar esclarecimentos. Mas ‘sem tomar nenhum depoimento ou realizar qualquer investigação, decidiu indiciá-lo’.  “Confiante no Poder Judiciário, o youtuber permanece absolutamente convicto e tranquilo de que nunca praticou crime algum. Felipe Neto acrescenta que, quando começou a se manifestar vigorosamente contra os absurdos do governo Bolsonaro, já estava preparado para enfrentar todos os tipos de ataques cometidos pela articulação do ódio, desde a propagação de notícias às falsas acusações, associando Felipe a crimes, na tentativa de destruir sua imagem e reputação”, conclui assim, a nota. 

O que diz a Polícia Civil?

A Polícia Civil informou em nota à imprensa que o Felipe Neto está sendo acusado de divulgar material impróprio para crianças em seu canal no YouTube. “O youtuber e influenciador foi indiciado por divulgar material impróprio para crianças e adolescentes em seu canal do YouTube e por não limitar a classificação etária dos vídeos com conteúdo e linguajar inapropriado para menores”.

A Polícia Civil informou que as investigações foram iniciadas após o expediente do Ministério da Justiça. Além disso, reiteram que analisaram vídeos e postagens nas redes sociais do famoso, e constataram que não houve classificação etária.

Felipe Neto: youtuber pede desculpas ao MST por piadas feitas no passado 

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes