Após acidente, Princesa Leopoldina perderá o primeiro filho?

O que acontecerá em breve na novela das 6.

Nos próximos capítulos de Nos Tempos do Imperador, a filha mais nova de Dom Pedro II sofrerá um acidente. Grávida do marido Augusto (Gil Coelho), que foi para a Guerra do Paraguai, a vida do bebê da moça ficará em perigo. O primeiro filho da Princesa Leopoldina vai sobreviver?

Princesa Leopoldina perderá o primeiro filho?

Leopoldina vai sofrer um acidente no capítulo do dia 16 de dezembro, uma quinta-feira, e vai ficar preocupada sobre o estado de seu bebê. Se a novela seguir os passos dos livros de história, a moça infelizmente deve sofrer um aborto espontâneo.

A primeira gravidez da herdeira de Dom Pedro II na vida real não chegou a ser concluída, mas pouco depois a princesa Leopoldina engravidou e seu filho mais velho nasceu, Pedro Augusto de Saxe-Coburgo e Bragança.

O resumo cedido pela TV Globo revela apenas que a moça sofrerá um acidente e neste mesmo capítulo será examinada por Pilar (Gabriela Medvedovski). Não há nenhuma informação do que acontecerá em seguida, porém, como citado, já que na história a princesa Leopoldina sofreu um aborto espontâneo durante a gravidez de seu primeiro filho, é provável que o mesmo aconteça na novela.

Também não foi revelado até agora qual será o tipo acidente que colocará a gravidez de Leopoldina em risco em Nos Tempos do Imperador.

Princesa
Princesa se casou há pouco tempo com augusto e morrerá ainda jovem – foto: reprodução/reprodução

Quem foi Pedro Augusto de Saxe-Coburgo e Bragança?

Depois de sofrer um aborto espontâneo, a princesa Leopoldina engravidou mais uma vez e seu filho primogênito nasceu. O garoto veio ao mundo no dia 19 de março de 1866, no Rio de Janeiro.

Como na época em que Pedro Augusto nasceu Isabel ainda não havia gerado filhos, esperava-se que o rapaz seria o substituto de Dom Pedro II, seu avô, no trono. Isso não aconteceu, pois mesmo com o nascimento de herdeiros de Isabel e Conde D’Eu, após mais de 10 anos de casamento, que poderiam ter assumido em seu lugar, o Brasil deixou de ser monarquia e virou uma república a partir de 1889, quando Dom Pedro II ainda era imperador.

O filho da princesa Leopoldina sofria de paranoias e surtos psicóticos, seu estado de saúde piorou com a queda da família imperial e exílio na Europa, assim Pedro Augusto acabou internado em um manicômio durante 41 de seus 68 anos de vida. Ele faleceu na Áustria, em 6 de julho de 1934.

Pedro
Pedro augusto viveu maior parte da vida em uma instituição- foto: wikimedia commons/reprodução

 

*As informações foram revisadas por Marcelo Garcia Rosa, professor de história nas escolas E.E. Emygdio Campos Widal, Colégio FUNLEC (Oswaldo Tognini) e Escola Padrão, de Campo Grande.

Leia também – Leopoldina de Bragança morreu com quantos anos?

Você pode gostar também