História da novela Pantanal tem conflito por terras e mulher que vira onça

Maria e Gil se mudam para a região pantaneira após morte do terceiro filho

A história da novela Pantanal tem como tema principal a vida dos peões da região pantaneira e mostra importantes temas como a luta por terras. Ao longo da trama, o público é apresentado a Maria Marruá (Juliana Paes), mulher que perde seus três filhos durante conflitos contra fazendeiros. Ela também tem o poder sobrenatural de se transformar em onça-pintada quando se sente ameaçada e é mãe de Juma (Alanis Guillen).

Disputa por terras marca a história da novela Pantanal

Logo no primeiro capítulo, foi mostrado o conflito entre a família Marruá e poderosos donos de terra. Maria diz para Gil (Enrique Diaz), seu marido, que não aguentaria perder um terceiro filho em uma guerra com fazendeiros – dois deles morreram, restando apenas Chico (Tulio Sterling).

Entretanto, no segundo capítulo, o jovem morrerá, deixando o casal devastado. A família será expulsa das terras compradas de Tenório (Murilo Benício), golpista que na verdade nunca foi dono do pedaço de campo que vendeu para os Marruás.

O verdadeiro dono da propriedade manda os jagunços tirarem a família de lá a força e Chico acaba assassinado. Para vingar a morte do filho, Gil mata o fazendeiro em frente de toda a sua família.

Marcados por tantas tragédias em suas vidas, Maria e Gil decidem se mudar para o Pantanal em busca de um novo lugar para reconstruírem suas vidas. A mulher engravida mais uma vez e dá à luz a Juma. Ela passa a criar a menina sozinha depois que o marido é assassinado por grileiros.

Maria marrua
Maria marruá (juliana paes) chora a morte de chico (tulio sterling) em pantanal – foto: reprodução/globo

 

Maria Marruá vira onça?

Com a morte de Gil, Maria Marruá se isola em uma casa com Juma e se torna uma das mulheres mais temidas da região. Isso porque correm boatos de que a matriarca se transforma em onça-pintada quando se sente ameaçada.

Juma herda o poder sobrenatural da mãe. Ao longo da trama, Maria também será assassinada, a mando de Muda (Bella Campos), e sua filha ficará sozinha no mundo.

Também é na segunda fase que Juma conhece e se apaixona por Jove (Jesuíta Barbosa). O rapaz é filho do fazendeiro José Leôncio (Renato Góes/Marcos Palmeira) e vai ao Pantanal para se reaproximar do pai, depois de anos afastado dele.

Qual a história de juma marruá
Juma marruá vira onça-pintada assim como a mãe – foto: reprodução/globo

 

História da novela Pantanal mostra o sobrenatural

Pantanal é conhecida não só por mostrar uma das regiões mais bonitas do Brasil, mas por adicionar elementos sobrenaturais à narrativa.

Além de Maria e Juma, que se transformam em onça-pintada, há também o Velho do Rio, interpretado por Claudio Marzo em 1990 e por Osmar Prado no remake da Globo. O personagem é um curandeiro que ajuda as pessoas atacadas por uma cobra venenosa típica da região e também auxilia quem se perde por ali.

Um mistério gira em torno do personagem: reza a lenda que o Velho do Rio também tem um poder sobrenatural e consegue se transformar na maior sucuri do Pantanal. Há também quem acredite que ele possa ser Joventino, o pai desaparecido de Zé Leôncio.

O protagonista só se encontra com o Velho do Rio nos capítulos finais da novela, quando o peão sofre um infarto fatal. Sua alma encontra a do curandeiro e o mistério sobre o desaparecimento de Joventino é revelado.

Osmar prado
Osmar prado é o velho do rio – foto: reprodução/globo

 

+ Tenório novela Pantanal: quem fez o vilão de 1990; veja nova versão

Você pode gostar também