Nos Tempos do Imperador: Dom Pedro 2 abdicou do trono na vida real?

Na novela, se discutiu o assunto para que Dom Pedro II pudesse ir para a guerra.

Na novela Nos Tempos do Imperador, o personagem de Selton Mello flertou com uma possível renúncia ao trono, para que pudesse ir para a guerra. Deixando a ficção de lado e pensando no que realmente aconteceu, Dom Pedro 2 abdicou do trono brasileiro?

Dom Pedro 2 abdicou do trono?

Na história real, o imperador não abdicou, Dom Pedro 2 foi governante do país até 1889, quando aconteceu a Proclamação da República e a família imperial foi expulsa do Brasil. Atualmente, a novela das 6 está no ano de 1865, a trama seguirá até o final da Guerra do Paraguai, em 1870.

Apesar de nunca ter abdicado o trono brasileiro, Dom Pedro 2 chegou a se afastar da liderança do país algumas vezes. Em três ocasiões em que o imperador precisou ir ao exterior, a princesa Isabel se tornou regente do país. Isso aconteceu primeiro em 1871, depois de 1876 a 1877 e por último de 1887 a 1888. Na primeira vez que assumiu a regência do país, Isabel sancionou a Lei do Ventre Livre junto José Maria da Silva Paranhos e Visconde do Rio Branco, na terceira e última vez ela assinou a Lei Aurea.

Um curiosidade é que Dom Pedro 2 não abdicou o trono, mas chegou a coroa do Brasil desta maneira, pois seu pai, Dom Pedro 1, não havia morrido quando o filho assumiu o poder, ele abdicou. Em abril de 1831, o imperador renunciou ao seu cargo e voltou para Portugal. Assim Dom Pedro II, que na época estava próximo de completar 6 anos, assumiu a nação como príncipe regente. Apenas aos 14 anos e 7 meses ele se tornou oficialmente imperador do Brasil.

Familia imperial
Na esquerda dom pedro ii, no centro dom pedro i e por último isabel – foto: reprodução/wikimedia commons

Na novela das 6

Dom Pedro 2 quase abdicou do trono em Nos Tempos do Imperador. Com a Guerra do Paraguai deixando o imperador sem dormir, ele resolveu que queria lutar contra Solano Lopez. Porém, a decisão do personagem não foi aprovada pelos ministros, por conta do risco, o que fez com que Dom Pedro II tomasse uma decisão drástica. “Se decidiram impedir que o imperador vá para a guerra, muito bem. Não serei mais imperador! Vou abdicar do trono em favor de minha filha”, comentou no capítulo da última sexta-feira (26).

Como Isabel estava em lua de mel com Gastão, o imperador disse que então deixaria Leopoldina como regente até o retorno da filha mais velha. Ele chegou a redigir uma carta de renúncia e disse que o país estaria em boas mãos com a filha.

No entanto, nos próximos capítulos, antes de Dom Pedro 2 assinar a carta de renúncia e abdicar do trono, Caxias avisará que o conselho de ministros se reuniu novamente e permitiu que o imperador vá para a guerra. “Como comandante em chefe”, explica.

Assista o vídeo da novela Nos Tempos do Imperador:

As informações foram revisadas por Talita Sobrinho, formada em História pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) e Mestre em História pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE).

Você pode gostar também