Quer começar a trabalhar como freelancer? Confira algumas dicas

O primeiro passo é começar a organizar seu portfólio e atualizar seu Linkedin.

Para trabalhar como freelancer você também deve construir uma rede de potenciais clientes, o que pode ser feito através de redes sociais e sites específicos.

Nos tempos atuais é cada vez maior o número de pessoas que começa a trabalhar por conta própria. Você gostaria de trabalhar como freelancer, mas não sabe como começar? Vamos ajudar com algumas dicas!

Primeiramente, entenda que o freelancer é o profissional que presta serviço para pessoas físicas ou empresas de forma autônoma. Ou seja, não há vínculo empregatício. Por um lado, isso significa deixar de receber os benefícios da CLT, mas por outro possibilita maior liberdade na execução das tarefas. Também há, é claro, possibilidade de aumentar as receitas de acordo com os trabalhos realizados, o que pode ser ótimo em fases em que você precisa aumentar as receitas. 

É possível trabalhar como freelancer em áreas como produção de conteúdo, arte e design, fotografia, programação, música e várias outras. O meio digital tem facilitado o oferecimento dessas atividades inclusive. Mas como começar?

 

Para começar, tenha um portfólio

 

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Se você quer trabalhar como freelancer precisa organizar alguns trabalhos para mostrar aos potenciais clientes. Isso tornará sua vida de freela mais fácil. Existem alguns sites que possibilitam que você organize jobs já realizados, como Wix, Adobe Portfólio, Pinterest e Medium. Todos são gratuitos. 

Separe os jobs que você já realizou em sua área, tomando o cuidado de escolher os principais. Se possível, ofereça alguns detalhes sobre a realização deles.

Além disso, é importante investir em seu Linkedin, deixando a rede sempre organizada. Entre dicas essenciais estão: não mentir, listar as habilidades de forma clara, pedir recomendações e postar bons conteúdos. 

Algo a considerar é que se o seu portfólio ou experiência estiver precisando de melhorias, vale a pena investir em alguns trabalhos voluntários, cursos e certificados, mesmo que temporariamente. Para quem trabalha na área digital, a Rock Content oferece uma série de cursos gratuitos com possibilidade de tirar certificados que ajudam a conseguir freelas em muitas empresas.

freelancerImagem: Reprodução / Unsplash

Onde conseguir trabalho como freelancer?

 

Agora vamos à parte prática. Onde começar a trabalhar como freelancer? A primeira dica é começar a oferecer trabalhos entre os seus conhecidos. Avise as pessoas com quem já trabalhou e as que fazem parte de seu círculo de relacionamentos que você agora é freela e pode executar determinados jobs. Quando houver oportunidade elas tenderão a lembrar de você. 

Depois ofereça os trabalhos em grupos específicos em redes sociais. Há muitos deles no Facebook por exemplo, basta pesquisar. Por exemplo, os grupos “Freelas”, “Freelas e trampos em SP” e “Tá a fim de um freela?”.

Plataformas como o Getninjas também ajudam quem quer trabalhar como freelancer. Funciona assim: você paga um valor e ganha uma certa quantidade de moedas virtuais que pode usar para ter contato com potenciais clientes.  Ou seja, quem está oferecendo o freela entra em contato e quem quer se candidatar para pegar o freela, usa algumas moedas para ter acesso ao potencial cliente. A partir daí as oportunidades podem surgir.

Finalmente, saiba que também existem sites específicos onde você pode se cadastrar para trabalhar como freelancer. Entre eles, o 99 freelas e o Workana. Deixe seu currículo atualizado, mantenha seu portfólio à disposição e prepare-se para começar os seus freelas. A partir daí, procure investir na qualidade das entregas para receber outras indicações e conseguir aumentar aos poucos a sua rede de potenciais clientes.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes