Relembre as aberturas do BBB ao longo das 20 edições

A cada temporada a vinheta que apresenta os brothers e sisters é esperada pelos fãs.

Ao longo das 20 edições do Big Brother Brasil, o reality evoluiu, e com o programa, as aberturas também. A cada temporada a vinheta que apresenta os brothers e sisters é esperada pelos fãs. Perto do BBB 21 começar, relembre desde a primeira edição da atração apresentada por Tiago Leifert.

Padrão na abertura do reality

Desde o BBB 1, a abertura do reality apresenta todos os confinados. Eternizada, a música que é lembrada até por quem não assiste o reality, é ‘Vida Real’, na voz de Paulo Ricardo.

Abertura do BBB 1 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Com a estreia do programa, a edição mostrou como seria a base para as vinhetas de viriam. Apresentado por Pedro Bial, a abertura do BBB 1 mostrava os participantes: Kleber Bambam, Vanessa, André Batista, Sérgio, Alessandra, Estela, Adriano, Helena, Cristina, Bruno, Xaiane e Caetano.

Reality permanece com a mesma abertura até o BBB 5

Entre a primeira e quinta temporada, o reality manteve o mesmo padrão de vinheta. Começando como um paredão com várias televisões, o mascote do BBB, o robô dava uma piscadinha, e Paulo Ricardo começava a cantar. Em seguida, a tela dava um zoom em cada participante que estava na chamada, apresentando o nome da cada um. Para completar, um olho azul tomava conta de todas as telas e piscava.

Na segunda edição, o reality contou com nomes como Rodrigo Leonel, Manuela, Cida e Tina. Já na terceira temporada, Sabrina Sato deu as caras no programa, assim como a atriz Juliana Alves e o vencedor  Dhomini Ferreira.

Com a mesma introdução, os ex-BBBs Rodrigo Dourado, Cida e Solange estamparam seus rostos na telinha. Grazi Massafera e Jean  Wyllys, que se destacaram no reality, foram para a final e também estavam na vinheta.

Mudança na abertura do BBB 6

Se modernizando, o BBB 6 começou a abertura de forma repaginada. Na época, a vinheta comparava com o robô piscando, e o painel com as telas focava diretamente nos participantes. Começando de Agustinho e indo até Thaís, ela encerrava ainda com a voz de Paulo Ricardo.

Sem muitas mudanças, o BBB 7 também tinha o mesmo formato de abertura, mudando apenas o logo do programa, que adotou um degradê nas letras do ‘Big Brother Brasil’. O robô ganhou detalhes na cor laranja na edição em que Diego Alemão venceu.

Com o BBB 8, em que Rafinha foi o vencedor, o reality também teve a mesma abertura. Enquanto na 9ª edição, apenas o robô ganhou mais cor e o fundo ficou alaranjado, mas sem muita diferença.

O BBB 10 teve a sutil diferença de que as telas se mexiam quando os participantes eram apresentados. Nesta edição, Dourado, Dicesar, Anamara e Angélica participaram.

BBB 11 ganha abertura colorida

Depois de cinco edições com praticamente a mesma introdução, o reality decidiu deixar esse momento do programa mais colorido. Com as telas mais transparentes e fundo com os robôs coloridos, eles apresentaram nomes como Adriana Sant’anna, Daniel, Maria, Rodrigão e Paulinha.

Vinheta moderna do BBB 12

Dentre todas as mudanças, a maior ocorreu na 12ª edição. Os participantes passaram a aparecer em um tipo de tela futurista e a qualidade da animação do mascote do programa evoluiu. O vencedor foi Farel, em um paredão contra Fabiana.

Na temporada seguinte, que contou com Kléber Bambam, a vinheta foi a mesma, mas a música passou a ser mais lenta e com um tom de voz mais grave do que antes. No BBB 13, a campeã foi Fernanda Keulla.

O BBB 14 continuou com uma abertura futurística e o ritmo da música mais acelerado do que o anterior com o som de bateria em destaque, ainda com a voz de Paulo Ricardo em destaque. Vanessa Mesquita foi a vencedora.

BBB 15 com abertura atrativa

A partir da 15ª edição, os participantes não mostravam apenas o rosto, mas apareciam de corpo inteiro. Eles poderiam escolher se pulavam, dançavam e etc. O programa que teve Cézar vencedor, apostou em um formato mais colorido.

Ainda tentando encontrar um padrão, a vinheta do BBB 16 teve os participantes dentro de uma tela, mas bem mais evoluída e moderna do que as primeiras edições. Nela apareciam Ana Paula Renault, e a vendedora Munik Nunes.

Mudando mais uma vez, o BBB 17 apresentou um formato parecido com o da 13ª edição, em que os brothers estavam em um espaço tecnológico e não mais de corpo inteiro. Nesta edição, em que Emilly Araújo foi a campeã, a logo passou a ser laranja e não mais azul.

Poucas alterações aconteceram na vinheta do BBB 18, que contou com a família e torcida dos brothers aparecendo, além das telas desligando os eliminados. Nesta edição, a música teve um tipo de remix diferente.

Já o BBB 19 trouxe a voz de Paulo Ricardo em uma versão mais clássica, parecida com as primeiras versões do reality. Porém, se modernizando, os confinados apareceram desfilando como em uma passarela.

BBB 20 teve abertura atualizada da primeira edição

Por ter sido uma edição histórica, o BBB 20 relembrou as outras temporadas, e com a abertura não foi diferente. Em um tipo dereleitura, as telas pareciam com uma TV, e os brothers e sisters apareciam em um zoom, focando no rosto. O programa contou com celebridades e anônimos dos grupos ‘pipoca’ e ‘camarote’. 

Com início marcado para o dia 25, a abertura do BBB 21 será conhecida pelo público na estreia do reality da Globo. Assim como nos últimos anos, as vinhetas se atualizaram, e neste ano o programa promete uma cara nova.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes