Brasil ultrapassa US$ 460 milhões em dívida externa

A maior dívida é com o banco do Brics; Ministério da Economia diz que o défict é de responsabilidade do Congresso Nacional. A União ainda carrega dívida milionária com outros órgãos internacionais

O Ministério da Economia divulgou na noite de ontem (05/01) uma nota à imprensa a fim de explicar porque não realizou os pagamentos dos acordos com o New Development Bank (NDB), o banco dos Brics – conjunto de países emergentes que inclui Brasil, Rússia, Índia e China. Esta não é a única dívida externa brasileira com órgãos internacionais. Além do NDB, o Brasil deve a pelo menos a outras 5 instituições. O total dessa dívida é de US$ 462 milhões (R$ 2,4 bilhões).

 

Maior dívida externa brasileira é com o NDB

A maior dívida externa do Brasil, com o NDB, é referente à última parcela devida. Desde 2014, quando o banco foi criado, foram pagas até agora 6 parcelas. O total será de US$ 2 bilhões. O acordo entre o Brasil e o NDB foi aprovado pelo Senado em 2015 e firmou compromisso de pagamento das subscrições em sete parcelas. Ainda faltam US$ 292 milhões a serem pagos para o NDB. O prazo para pagamento venceu neste domingo (03/01).

 

Sem o pagamento, o governo brasileiro pode perder o direito a voto no banco, hoje presidido pelo ex-secretário do governo Marcos Troyjo. Em nota, o Ministério da Economia alegou que a dívida é de responsabilidade do Congresso e não deu prazo para solução. Confira um trecho: “o pagamento ao NDB, da forma como está desenhado, somente pode ser feito com dotação orçamentária autorizada pelo Congresso Nacional e esta não foi obtida, em que pese as solicitações aprovadas pela JEO e encaminhadas ao Congresso Nacional, ao longo de 2020. Nesse sentido, o Ministério da Economia não pôde fazer o pagamento da parte remanescente da 6ª parcela devida ao NDB.”

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com a pasta, o governo pediu em outubro e novembro do ano passado que o Congresso autorizasse um remanejamento orçamentário para viabilizar a operação. O ministério afirma que os parlamentares redirecionaram esses recursos para outras programações do Orçamento.

 

Demais instituições a quem o Brasil deve

O Brasil também possui uma dívida externa com Associação Internacional de Desenvolvimento (AID), no valor de R$ 83,2 milhões. O montante é a soma da dívida de 2019 (R$ 43,2 milhões) com a de 2020 (R$ 39,9 milhões). Em seguida da AID, o Brasil carrega uma dívida US$ 66,9 milhões (R$ 356,4 milhões) com a CAF (Corporação Andina de Fomento). A União ainda deve para instituições como o BDC (Banco de Desenvolvimento do Caribe), CII/BID Invest (Corporação Interamericana de Investimentos) e Fonplata (Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata).

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes