Briga no Leblon: ex-paquita foi quem filmou o barraco carioca

A briga no Leblon, no Rio de Janeiro, dominou o fim de semana nas redes sociais, e o assunto continua rendendo.

A briga no Leblon, no Rio de Janeiro, dominou o fim de semana nas redes sociais, e o assunto continua rendendo. Mas quem conseguiu registrar as imagens que ficaram famosas no Brasil todo? Fim do mistério: a atriz e ex-paquita Andréia Veiga foi a responsável pelo vídeo que circulou nas redes sociais.

Briga no Leblon: ex-paquita foi quem filmou o episódio

“Comecei a filmar porque achei inusitado, muito louco aquelas mulheres no carro, todo mundo sem máscara no meio de uma pandemia, se beijando”, disse em entrevista à Veja Rio .

De acordo com a publicação, Andrea conheceu Aline Araújo, a arquiteta, momentos antes da briga no Leblon começar. “Ela disse que era fã da Xuxa, lembrava do meu tempo de Paquita e fez um coraçãozinho com as mãos na minha direção”.

Para Andrea, todos os envolvidos estão errados. “Foi uma agressividade absurda geral, ninguém tem razão”. O vídeo foi compartilhado nas redes pelo amigo da atriz. “Eu ia filmando e pensando: Surreal isso tudo !. Quando vi, ela estava enchendo a moça da mesa ao lado de sopapos. A menininha da mesa começou a chorar, então o pai dela saiu correndo, foi até o carro, e fez aquilo: arrancou o biquíni da mulher. Foi uma agressividade absurda geral, ninguém tem razão ”.

Como começou a briga?

A briga no Leblon começou porque Scheila e Priscilla Dornelles passeavam pelas ruas do bairro carioca em um Peugeut 308cc Roland G, conduzido pelo amigo Wilton Vacari, quando o trânsito parou na rua Dias Ferreira. Então, a arquiteta Aline Cristina Silva, que estava em uma das mesas de um restaurante da área, se incomodou com a cena e resolveu arremessar copos com água contra o veículo.

Sheila não levou desaforo para casa, e então pulou do carro em direção à arquiteta e e começou a dar socos na carioca, que tentava se esquivar. Mas a briga não terminou por aí. Um homem que estava sentado no restaurante então correu até o conversível e tentou agredir a moça. Para completar, ele puxou a parte de cima do biquíni e o arrancou, antes de o carro deixar o local.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.