Eleições RJ 2020: saiba quem são candidatos à prefeitura no Rio de Janeiro

O período de convenções eleitorais terminou no dia 16 de setembro. Essa era a data limite para os partidos decidem os candidatos para prefeito. Confira quem está na corrida pela prefeitura no Rio de Janeiro.

Eleições RJ 2020 – A cidade do Rio de Janeiro conta com 15 candidatos para concorrer a prefeitura em 2020. Alguns nomes são polêmicos, como o de Eduardo Paes, Cristiane Brasil e Marcelo Crivella que tenta a reeleição. Enquanto outros já são conhecida no cenário, como é o caso de Benedita da Silva. Veja quem já anunciou candidatura nas eleições RJ 2020.

Quem são os pré-candidatos nas eleições RJ 2020?

Eduardo Paes (DEM)

Foto mostra Eduardo Paes, candidato à prefeitura do Rio de Janeiro
Eduardo Paes (Foto: Agência Brasil)

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O candidato pelo partido Democratas (DEM), já ocupou o cargo de prefeito do Rio de Janeiro entre os anos de 2009 e 2016. Paes também já foi vereador, deputado federal e secretário estadual do Turismo, Esporte e Lazer.

Eduardo Paes concorreu ao governo do estado em 2018, mas foi derrotado por Witzel. A chapa de 2020 terá Nilton Caldeira como vice-prefeito, que é presidente municipal do Partido Liberal (PL). Segundo a ata protocolada ao TSE pelo PL, a coligação se chamará A certeza de um Rio melhor e contará com o Cidadania, o Democracia Cristã, o PV, o PSDB e o Avante.

Fred Luz (novo)

Foto mostra Fred Luz, candidato à prefeitura do Rio de Janeiro
Fred Luz (Foto: Facebook/Reprodução)

O candidato Fred Luz é formado em Engenharia e trabalhou por cinco anos na Petrobras como funcionário concursado. Além disso, o candidato já participou da gestão do Flamengo, em 2013. O candidato também engrossou a equipe de transição do governador de Minas Gerais, Zema (Novo) nas eleições em 2018.

Quem completa a chapa do partido NOVO é a bióloga Giselle Gomes, servidora pública do INPI, mestre e doutora em biofísica. A chapa não vai ter coligações e tem 35 candidatos a vereadores no Rio de Janeiro.

Benedita da Silva (PT)

Foto mostra Benedita da Silva
Benedita da Silva (Foto: Câmara dos deputados)

A candidata Benedita da Silva nasceu na antiga favela da Praia do Pinto e morou 57 anos no morro do Chapéu Mangueira. É graduada em auxiliar de enfermagem e também em Serviço Social. Benedita da Silva já foi governadora do Rio, vice-governadora, senadora e vereadora. Além disso, foi ministra da Secretaria Especial de Trabalho e Assistência Social durante o primeiro governo Lula.

A deputada vai concorrer, juntamente com a deputada estadual Enfermeira Rejane, pelo partido dos trabalhadores. O PT fechou coligação apenas com o PCdoB e vai ter 52 candidatos a vereadores em 2020 pelo Rio de Janeiro .

Clarissa Garotinho (Pros)

Foto mostra Clarissa Garotinho
Clarissa Garotinho (Foto: Câmara dos deputados)

A candidata do Partido Republicano da Ordem Social (Pros) é formada em jornalismo pela Faculdade Hélio Alonso. Já foi vereadora no Rio e deputada estadual. Atualmente está cumprindo o segundo mandato como deputada federal.

Ademais, Clarissa é filha dos ex-governadores do estado do Rio de Janeiro,  Anthony Garotinho e Rosinha Matheus. O partido ainda não tem um candidato a vice e não fez coligações nas eleições de 2020.

Glória Heloíza (PSC) – Eleições RJ 2020

Foto mostra candidata a prefeitura do Rio de Janeiro
Glória Heloíza (Foto: Agência Brasil)

A candidata Glória Heloíza era juíza titular da 2ª Vara da Infância, do Adolescente e do Idoso no Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ). Mas se afastou do cargo para concorrer a prefeitura do Rio de Janeiro pelo Partido Social Cristão (PSC). A filiação ao partido foi em março, conduzida pelo Pastor Everaldo. O PSC informou ao TSE que não fará coligações e ainda não tem um vice definido na chapa.

Cristiane Brasil (PTB)

Foto mostra Cristiane Brasil
Cristiane Brasil (Foto: Agência Brasil).

A candidata já foi vereadora pela capital carioca por três mandatos e fez parte do Poder Executivo municipal como secretária Extraordinária da Terceira Idade e secretária Especial de Envelhecimento nos governos de Eduardo Paes e Marcelo Crivella. Cristiane Brasil é filha do deputado Roberto Jefferson, além disso, já foi deputada federal e ministra do Trabalho no governo de Michel Temer.

No dia 11 de setembro Cristiane foi presa e é investigada por supostos desvios. Contudo, ela nega todas as acusações. Atualmente, Cristiane concorre pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e tem como vice Fernando Bicudo.

Henrique Simonard (PCO)

Foto mostra Henrique Simonard
Henrique Simonard (Foto: Reprodução/Youtube)

Com 22 anos, Henrique Simonard é o candidato à prefeitura pelo Partido da Causa Operária (PCO). Nascido no Rio de Janeiro, foi candidato a deputado estadual em 2018, mas não foi eleito.

Henrique Simonard é integrante do Comitê Central do Partido pelo qual concorre. O PCO não fez coligações e terá Caetano Sigiliano como candidato a vice-prefeito.

Martha Rocha (PDT) – Eleições RJ 2020

Foto mostra candidata Martha Rocha
Martha Rocha (Foto: Alerj)

A candidata do Partido Democrático Trabalhista (PDT) é deputada estadual, cumpre, então, seu segundo mandato. Além disso, Martha é delegada aposentada e foi chefe da Polícia Civil do Rio no governo de Sérgio Cabral. Atualmente, a parlamentar é presidente da comissão especial que investiga os contratos do governo do estado durante a pandemia da COVID-19.

A chapa tem como vice o produtor cultural Anderson Quack, do Partido Socialista do Brasil (PSB). Contudo, a ata do partido ainda não está disponível no site do TSE para consulta.

Marcelo Crivella (Republicanos)

Foto mostra Marcelo Crivella
Marcelo Crivella (Foto: Facebook/Reprodução)

O atual prefeito do Rio de Janeiro se candidata em busca da reeleição pelo partido Republicanos. Antes disso, Crivella já foi senador do estado também. Além disso, o parlamentar é bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), cantor gospel e engenheiro civil.

Em ata enviada ao TSE, o partido informou a coligação com outros sete partidos políticos: Podemos, Progressistas (PP), Patriota, Solidariedade, PTC, PMN e PRTB. Segundo o documento do Republicanos, a coligação será batizada de “Com Deus, Pela Família e Pelo Rio”. Contudo, ainda não foi anunciado o vice-prefeito. No total, serão 150 vereadores na chapa, entre eles, o vereador Carlos Bolsonaro.

Entretanto, Crivella está em julgamento contra o ministério público e pode perder seus direitos políticos até 2026 por sua participação em dois eventos, em 2018. O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) deve julgar hoje o caso do prefeito e decidir por sua inelegibilidade ou não.

Paulo Messina (MDB)

Foto mostra Paulo Messina
Paulo Messina (Foto: Divulgação)

O parlamentar, Paulo Messina, de 45 anos, é matemático e professor. Atualmente cumpre seu terceiro mandato como vereador do Rio de Janeiro. É candidato à prefeitura pelo O Movimento Democrático Brasileiro (MDB). A candidata a vice na chapa é a psicóloga Sheila Barbosa.

Messina foi secretário da Casa Civil no governo Marcelo Crivella, mas saiu do cargo em 2019, durante do processo de impeachment do prefeito. Segundo o MDB informou ao TSE, o partido não fará coligações.

Suêd Haidar (PMB)

Foto mostra Suêd Haidar
Suêd Haidar (Foto: Instagram/Reprodução)

A ativista Suêd Haidar nasceu no Maranhão, mas mudou-se para o Rio em 1977. A candidata concorre pelo Partido da Mulher Brasileira (PMB), da qual é presidente e fundadora. Na última eleição ela disputou uma vaga como deputada federal, mas não foi eleita. Jessica Natalino vai completar a chapa do PMB como vice-prefeita. O partido não fechou coligações.

Renata Souza (PSOL) – Eleições RJ 2020

Foto mostra Renata Souza
Renata Souza (Foto: Facebook/Reprodução)

A candidata do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Renata Souza nasceu no complexo da Maré. É jornalista e doutora em Comunicação e Cultura. Ademias, atuou como chefe de gabinete da vereadora Marielle Franco, assassinada em 2018. Atualmente Renata é deputada estadual e preside a comissão de direitos humanos da casa, na Na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

O PSOL tem coligação com o PCB e o UP. O candidato a vice-prefeito é Íbis Pereira, coronel da reserva da Polícia Militar.

Luiz Lima (PSL)

Foto mostra Luiz Lima
Luiz Lima (Foto: Luis Macedo/Divulgação/Câmara dos Deputados)

O candidato pelo Partido Social Liberal já foi nadador profissional, participou dos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996 e Sidney 2000. Foi também secretário nacional de Esportes de Alto Rendimento. Além disso, Luiz Luz cumpre seu primeiro mandato politico como deputado federal.

O PSL fechou, portanto, coligação com o Partido Social Democrático (PSD). O delegado e ex-chefe da policia civil, Fernando Veloso, ingressa na chapa como vice.

Eduardo Bandeira de Mello (Rede)

Foto mostra Eduardo de Mello
Eduardo de Mello (Foto: Wagner Meier

O candidato pela Rede Sustentabilidade é formado em administração pela UFRJ. Eduardo Mello já foi presidente do clube Flamengo entre 2013-2015 e 2016-2018. Além disso, foi chefe do Departamento do Meio Ambiente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Na eleição de 2018, Mello tentou se eleger como deputado federal, mas sem sucesso.

A ex-vereadora Andrea Gouvêa Vieira, do mesmo partido, será a candidata a vice-prefeita da chapa. Ao todo, a legenda  terá 37 candidatos a vereador na eleição desse ano.

Cyro Garcia (PSTU) – Eleições RJ 2020

Foto mostra candidato à prefeitura do Rio de Janeiro, Cyro Garcia
Cyro Garcia (Foto: Facebook/Reprodução)

O candidato do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), é bancário aposentado e professor universitário. Assumiu, como suplente de Jamil Haddad, o mandato de deputado federal por 10 meses em 1992.

Garcia participou da fundação do Partido dos Trabalhadores (PT) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Atualmente é presidente do diretório estadual do PSTU no Rio de Janeiro. Além disso, foi diretor do Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro de 1982 a 1991. Entre 1988 e 1991 foi presidente da entidade.

Então, Garcia tenta a candidatura da capital carioca pela quinta vez. A professora de história Elisa Guimarães, também filiada ao PSTU, é a candidata a vice-prefeita do Rio na chapa com Cyro.

Quando serão as eleições em 2020?

O primeiro turno foi remarcado para o dia 15 de novembro. Já o segundo turno, para onde houver, acontecerá no dia 29 de novembro.

  • 31 de outubro – A partir destas datas até 48 horas após o fim do turno, nenhum candidato pode ser preso, a não ser em flagrante delito;
  • 10 de novembro (primeiro turno)/24 de novembro (segundo turno) – Entre estas datas e 48 horas após o fim do turno, nenhum eleitor pode ser preso, a não ser em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou por desrespeito a salvo-conduto
  • 15 de novembro – Primeiro turno das eleições;
  • 29 de novembro – Segundo turno das eleições.
Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes