Eleições RJ 2020: saiba quem são candidatos à prefeitura no Rio de Janeiro

O período de convenções eleitorais terminou no dia 16 de setembro. Essa era a data limite para os partidos decidem os candidatos para prefeito. Confira quem está na corrida pela prefeitura no Rio de Janeiro.

Eleições RJ 2020 – A cidade do Rio de Janeiro conta com 15 candidatos para concorrer a prefeitura em 2020. Alguns nomes são polêmicos, como o de Eduardo Paes, Cristiane Brasil e Marcelo Crivella que tenta a reeleição. Enquanto outros já são conhecida no cenário, como é o caso de Benedita da Silva. Veja quem já anunciou candidatura nas eleições RJ 2020.

Quem são os pré-candidatos nas eleições RJ 2020?

Eduardo Paes (DEM)

Foto mostra Eduardo Paes, candidato à prefeitura do Rio de Janeiro
Eduardo Paes (Foto: Agência Brasil)

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O candidato pelo partido Democratas (DEM), já ocupou o cargo de prefeito do Rio de Janeiro entre os anos de 2009 e 2016. Paes também já foi vereador, deputado federal e secretário estadual do Turismo, Esporte e Lazer.

Eduardo Paes concorreu ao governo do estado em 2018, mas foi derrotado por Witzel. A chapa de 2020 terá Nilton Caldeira como vice-prefeito, que é presidente municipal do Partido Liberal (PL). Segundo a ata protocolada ao TSE pelo PL, a coligação se chamará A certeza de um Rio melhor e contará com o Cidadania, o Democracia Cristã, o PV, o PSDB e o Avante.

Fred Luz (novo)

Foto mostra Fred Luz, candidato à prefeitura do Rio de Janeiro
Fred Luz (Foto: Facebook/Reprodução)

O candidato Fred Luz é formado em Engenharia e trabalhou por cinco anos na Petrobras como funcionário concursado. Além disso, o candidato já participou da gestão do Flamengo, em 2013. O candidato também engrossou a equipe de transição do governador de Minas Gerais, Zema (Novo) nas eleições em 2018.

Quem completa a chapa do partido NOVO é a bióloga Giselle Gomes, servidora pública do INPI, mestre e doutora em biofísica. A chapa não vai ter coligações e tem 35 candidatos a vereadores no Rio de Janeiro.

Benedita da Silva (PT)

Foto mostra Benedita da Silva
Benedita da Silva (Foto: Câmara dos deputados)

A candidata Benedita da Silva nasceu na antiga favela da Praia do Pinto e morou 57 anos no morro do Chapéu Mangueira. É graduada em auxiliar de enfermagem e também em Serviço Social. Benedita da Silva já foi governadora do Rio, vice-governadora, senadora e vereadora. Além disso, foi ministra da Secretaria Especial de Trabalho e Assistência Social durante o primeiro governo Lula.

A deputada vai concorrer, juntamente com a deputada estadual Enfermeira Rejane, pelo partido dos trabalhadores. O PT fechou coligação apenas com o PCdoB e vai ter 52 candidatos a vereadores em 2020 pelo Rio de Janeiro .

Clarissa Garotinho (Pros)

Foto mostra Clarissa Garotinho
Clarissa Garotinho (Foto: Câmara dos deputados)

A candidata do Partido Republicano da Ordem Social (Pros) é formada em jornalismo pela Faculdade Hélio Alonso. Já foi vereadora no Rio e deputada estadual. Atualmente está cumprindo o segundo mandato como deputada federal.

Ademais, Clarissa é filha dos ex-governadores do estado do Rio de Janeiro,  Anthony Garotinho e Rosinha Matheus. O partido ainda não tem um candidato a vice e não fez coligações nas eleições de 2020.

Glória Heloíza (PSC) – Eleições RJ 2020

Foto mostra candidata a prefeitura do Rio de Janeiro
Glória Heloíza (Foto: Agência Brasil)

A candidata Glória Heloíza era juíza titular da 2ª Vara da Infância, do Adolescente e do Idoso no Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ). Mas se afastou do cargo para concorrer a prefeitura do Rio de Janeiro pelo Partido Social Cristão (PSC). A filiação ao partido foi em março, conduzida pelo Pastor Everaldo. O PSC informou ao TSE que não fará coligações e ainda não tem um vice definido na chapa.

Cristiane Brasil (PTB)

Foto mostra Cristiane Brasil
Cristiane Brasil (Foto: Agência Brasil).

A candidata já foi vereadora pela capital carioca por três mandatos e fez parte do Poder Executivo municipal como secretária Extraordinária da Terceira Idade e secretária Especial de Envelhecimento nos governos de Eduardo Paes e Marcelo Crivella. Cristiane Brasil é filha do deputado Roberto Jefferson, além disso, já foi deputada federal e ministra do Trabalho no governo de Michel Temer.

No dia 11 de setembro Cristiane foi presa e é investigada por supostos desvios. Contudo, ela nega todas as acusações. Atualmente, Cristiane concorre pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e tem como vice Fernando Bicudo.

Henrique Simonard (PCO)

Foto mostra Henrique Simonard
Henrique Simonard (Foto: Reprodução/Youtube)

Com 22 anos, Henrique Simonard é o candidato à prefeitura pelo Partido da Causa Operária (PCO). Nascido no Rio de Janeiro, foi candidato a deputado estadual em 2018, mas não foi eleito.

Henrique Simonard é integrante do Comitê Central do Partido pelo qual concorre. O PCO não fez coligações e terá Caetano Sigiliano como candidato a vice-prefeito.

Martha Rocha (PDT) – Eleições RJ 2020

Foto mostra candidata Martha Rocha
Martha Rocha (Foto: Alerj)

A candidata do Partido Democrático Trabalhista (PDT) é deputada estadual, cumpre, então, seu segundo mandato. Além disso, Martha é delegada aposentada e foi chefe da Polícia Civil do Rio no governo de Sérgio Cabral. Atualmente, a parlamentar é presidente da comissão especial que investiga os contratos do governo do estado durante a pandemia da COVID-19.

A chapa tem como vice o produtor cultural Anderson Quack, do Partido Socialista do Brasil (PSB). Contudo, a ata do partido ainda não está disponível no site do TSE para consulta.

Marcelo Crivella (Republicanos)

Foto mostra Marcelo Crivella
Marcelo Crivella (Foto: Facebook/Reprodução)

O atual prefeito do Rio de Janeiro se candidata em busca da reeleição pelo partido Republicanos. Antes disso, Crivella já foi senador do estado também. Além disso, o parlamentar é bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), cantor gospel e engenheiro civil.

Em ata enviada ao TSE, o partido informou a coligação com outros sete partidos políticos: Podemos, Progressistas (PP), Patriota, Solidariedade, PTC, PMN e PRTB. Segundo o documento do Republicanos, a coligação será batizada de “Com Deus, Pela Família e Pelo Rio”. Contudo, ainda não foi anunciado o vice-prefeito. No total, serão 150 vereadores na chapa, entre eles, o vereador Carlos Bolsonaro.

Entretanto, Crivella está em julgamento contra o ministério público e pode perder seus direitos políticos até 2026 por sua participação em dois eventos, em 2018. O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) deve julgar hoje o caso do prefeito e decidir por sua inelegibilidade ou não.

Paulo Messina (MDB)

Foto mostra Paulo Messina
Paulo Messina (Foto: Divulgação)

O parlamentar, Paulo Messina, de 45 anos, é matemático e professor. Atualmente cumpre seu terceiro mandato como vereador do Rio de Janeiro. É candidato à prefeitura pelo O Movimento Democrático Brasileiro (MDB). A candidata a vice na chapa é a psicóloga Sheila Barbosa.

Messina foi secretário da Casa Civil no governo Marcelo Crivella, mas saiu do cargo em 2019, durante do processo de impeachment do prefeito. Segundo o MDB informou ao TSE, o partido não fará coligações.

Suêd Haidar (PMB)

Foto mostra Suêd Haidar
Suêd Haidar (Foto: Instagram/Reprodução)

A ativista Suêd Haidar nasceu no Maranhão, mas mudou-se para o Rio em 1977. A candidata concorre pelo Partido da Mulher Brasileira (PMB), da qual é presidente e fundadora. Na última eleição ela disputou uma vaga como deputada federal, mas não foi eleita. Jessica Natalino vai completar a chapa do PMB como vice-prefeita. O partido não fechou coligações.

Renata Souza (PSOL) – Eleições RJ 2020

Foto mostra Renata Souza
Renata Souza (Foto: Facebook/Reprodução)

A candidata do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Renata Souza nasceu no complexo da Maré. É jornalista e doutora em Comunicação e Cultura. Ademias, atuou como chefe de gabinete da vereadora Marielle Franco, assassinada em 2018. Atualmente Renata é deputada estadual e preside a comissão de direitos humanos da casa, na Na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

O PSOL tem coligação com o PCB e o UP. O candidato a vice-prefeito é Íbis Pereira, coronel da reserva da Polícia Militar.

Luiz Lima (PSL)

Foto mostra Luiz Lima
Luiz Lima (Foto: Luis Macedo/Divulgação/Câmara dos Deputados)

O candidato pelo Partido Social Liberal já foi nadador profissional, participou dos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996 e Sidney 2000. Foi também secretário nacional de Esportes de Alto Rendimento. Além disso, Luiz Luz cumpre seu primeiro mandato politico como deputado federal.

O PSL fechou, portanto, coligação com o Partido Social Democrático (PSD). O delegado e ex-chefe da policia civil, Fernando Veloso, ingressa na chapa como vice.

Eduardo Bandeira de Mello (Rede)

Foto mostra Eduardo de Mello
Eduardo de Mello (Foto: Wagner Meier

O candidato pela Rede Sustentabilidade é formado em administração pela UFRJ. Eduardo Mello já foi presidente do clube Flamengo entre 2013-2015 e 2016-2018. Além disso, foi chefe do Departamento do Meio Ambiente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Na eleição de 2018, Mello tentou se eleger como deputado federal, mas sem sucesso.

A ex-vereadora Andrea Gouvêa Vieira, do mesmo partido, será a candidata a vice-prefeita da chapa. Ao todo, a legenda  terá 37 candidatos a vereador na eleição desse ano.

Cyro Garcia (PSTU) – Eleições RJ 2020

Foto mostra candidato à prefeitura do Rio de Janeiro, Cyro Garcia
Cyro Garcia (Foto: Facebook/Reprodução)

O candidato do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), é bancário aposentado e professor universitário. Assumiu, como suplente de Jamil Haddad, o mandato de deputado federal por 10 meses em 1992.

Garcia participou da fundação do Partido dos Trabalhadores (PT) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Atualmente é presidente do diretório estadual do PSTU no Rio de Janeiro. Além disso, foi diretor do Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro de 1982 a 1991. Entre 1988 e 1991 foi presidente da entidade.

Então, Garcia tenta a candidatura da capital carioca pela quinta vez. A professora de história Elisa Guimarães, também filiada ao PSTU, é a candidata a vice-prefeita do Rio na chapa com Cyro.

Quando serão as eleições em 2020?

O primeiro turno foi remarcado para o dia 15 de novembro. Já o segundo turno, para onde houver, acontecerá no dia 29 de novembro.

  • 31 de outubro – A partir destas datas até 48 horas após o fim do turno, nenhum candidato pode ser preso, a não ser em flagrante delito;
  • 10 de novembro (primeiro turno)/24 de novembro (segundo turno) – Entre estas datas e 48 horas após o fim do turno, nenhum eleitor pode ser preso, a não ser em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou por desrespeito a salvo-conduto
  • 15 de novembro – Primeiro turno das eleições;
  • 29 de novembro – Segundo turno das eleições.
Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes