Exército usa máscara ‘fake’ e vira piada na web; veja memes

O Exército Brasileiro começou 2021 virando piada e no centro de uma polêmica. Isso porque, a Força armada divulgou imagens de um treinamento que aconteceu em novembro de 2020, em que os soldados supostamente seguiam todos os protocolos de segurança contra a Covid-19 como por exemplo, o uso de máscara. No entanto, a web aponta que as máscaras utilizadas pelos soldados foram feitas digitalmente.

Exército memes

No treinamento ‘Adestramento em Suporte Básico de Vida no Trauma (SBVT)’ promovido pela Força armada brasileira entre os dias 10 e 13 de novembro, sete soldados surgem em uma imagem simulando primeiros socorros em um manequim. Enquanto os colegas utilizavam máscaras de tecido, o soldado que aparece fazendo manobras no boneco tem um desenho suspeito no rosto, simulando o que seria uma máscara.

O treinamento ocorreu em parceria com a Marinha no Centro de Medicina Operativa da Marinha (CMPpM) e teve 22 pessoas participando. O Exército promoveu o curso no site, mas depois apagou a publicação.

O Exército Brasileiro se pronunciou sobre a suposta máscara feita digitalmente e disse ao jornal O Tempo não tender como as imagens publicadas no site oficial foram manipuladas. Nas redes sociais, os internautas não deixaram de produzir memes e usar de tom crítico.

Exército Brasileiro (Foto: Divulgação/ Exército)

Repercussão

- PUBLICIDADE -

A web repercutiu a suposta falha da Força armada a ponto de colocar o assunto entre os mais comentados do país com ‘Exército memes’. “Gente do céu, vocês viram o uso bacana que o exército brasileiro está fazendo no paint? Tô colando o link aqui para vocês não acharem que foi meu cachorro que fez isso”, escreveu uma internauta primeiramente.

“Exército brasileiro lança nova tecnologia de máscara flutuante. Tudo feito com um programa novo de ponta: Paint”, ironizou outra logo em seguida.  “A gente vê o quão o exército brasileiro é ultrapassado quando ele usa o Paint pra desenhar as máscaras em vez de usar o Snapchat que tem um monte de filtro com máscara”, observou outra internauta em mensagem publicada no Twitter. 

O suposto deslize do Exército surge em meio à segunda onda da Covid-19 no Brasil. Na semana passada, por exemplo, o sistema de saúde de Manaus, no Amazonas, entrou em colapso e levou pacientes à morte por falta de oxigênio em hospitais.

Famosos como Bruno Gagliasso, Gusttavo Lima, Whindersson Nunes, Hugo Gloss e Felipe Neto se juntaram para enviar cilindros de oxigênio a Manaus. Thelma Assis, médica anestesiologista e vencedora do BBB20, viajou para a cidade e entrou na linha de frente contra a Covid-19.

Comentários (0)
Comentar