Genival Lacerda, ídolo do forró brasileiro, morre de Covid-19 em Recife

Genival Lacerda estava internado desde o dia 30 de novembro do ano passado. A morte foi confirmada pelo filho, na manhã desta quinta.

O forró brasileiro está em luto. Morreu nesta quinta-feira (07) no Recife (PE), o cantor e compositor Genival Lacerda. Ele tinha 89 anos e lutava há dois meses contra a Covid-19. Nas últimas semanas, ele foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva – UTI do Hospital da Unimed, na Ilha do Leite, região central da capital de Pernambuco.

A informação da morte de Genival Lacerda foi confirmada por seu filho, João Lacerda.

Morte de Genival Lacerda

Genival Lacerda foi internado no dia 30 de novembro com Covid-19, porém, não apresentava melhoras e seguia na UTI.  Ainda segundo o filho do cantor, no último dia do ano, 31 de dezembro, o quadro de saúde de Genival piorou e uma queda na pressão arterial precisou ser controlada. “Depois disso ele teve uma nova infecção no pulmão,  sendo necessário novos antibióticos para combater a infecção”, disse o filho.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Em 26 de maio de 2020, Genival Lacerda havia sofrido um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVC) e deu entrada no Hospital d’Ávila, na Zona Oeste da capital pernambucana. Recuperado, ele teve alta três dias depois de ser internado.

Ídolo do forró brasileiro

Genival Lacerda foi, sem dúvida, um dos grandes nomes do forró. Tinha um carisma único, o que o fez tornar um ídolo.

Na bagagem, leva mais de 64 anos de carreira o que o tornou um símbolo da cultura nordestina.

O cantor e compositor nasceu em Campina Grande, na Paraíba, em 5 de abril de 1931. Chegou a trabalhar na cidade como radialista, mas fez a primeira gravação como cantor quando já morava em Recife, para onde se mudou em 1953.

Leia mais

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes