Giannis renova contrato com Bucks e terá maior salário da história da NBA

Após vários capítulos, jogador e clube finalmente chegam em um acordo; com extensão do contrato por mais cinco anos, o atual bicampeão do prêmio de MVP da liga passará a receber valor superior a 1 bilhão de reais.

O astro do basquete, Giannis Antetokounmpo, acertou nesta terça-feira (15) sua extensão de contrato máxima com o Milwaukee Bucks. O atleta seguirá no clube por cinco anos e receberá um salário US$ 228 milhões (R$ 1,16 bilhão). Atual bicampeão do prêmio de MVP da liga, Giannis terá então o maior salário da história da NBA.

Antetokounmpo irá faturar o equivalente a R$ 200 milhões por ano. O salário de Giannis no Bucks dará aproximadamente R$ 17 milhões por mês, R$ 4,1 milhões por semana, R$ 595 mil por dia, R$ 24.801 por hora e R$ 413 por minuto.

“Esta é minha casa, esta é minha cidade. Estou agradecido por ser capaz de ser uma parte do Milwaukee Bucks pelos próximos cinco anos. Vamos fazer estes anos valerem a pena. O show continua, vamos nessa”, escreveu o grego nas redes sociais.

De acordo com o jornalista Adrian Wojnarowski, da ESPN americana, o contrato ainda prevê uma opção de rescisão após quatro temporadas. Considerando o contrato atual, que terminaria ao fim de 2020-2021, são seis anos com US$ 256 milhões (R$ 1 bilhão e 300 milhões) garantidos para o ala.

+ São Paulo x Atlético MG fazem ‘final’ na abertura da rodada do Brasileirão

Giannis passa Westbrook e terá no Bucks o maior salário da NBA

Antetokounmpo conquistou na última temporada os prêmios de MVP e Jogador Defensivo do Ano. No entanto, apenas as lendas Michael Jordan e Hakeem Olajuwon, conseguiram o feito. O grego é o terceiro jogador na história a conseguir as premiações.

Na temporada passada, Giannis também teve suas melhores médias na carreira. Ele teve a média de 29,5 em pontos, 13,6 em rebotes, e por fim 5,6 assistências por jogo.

A extensão contratual do astro grego deixa para trás o recorde que pertencia a Russell Westbrook. Em 2017 o armador renovou com o Oklahoma City Thunder por um salário de US$ 206,8 milhões. Desde então, o atleta já passou pelo Houston Rockets e atualmente joga no Washington Wizards.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.