Airbnb proíbe festas em todas as suas acomodações

Airbnb decide proibir festas em todas as acomodações da plataforma a fim de seguir as recomendações da Organização Mundial de Saúde na prevenção do covid-19.

0 353

O Airbnb proíbe festas em todas as suas acomodações para seguir as recomendações de saúde contra o coronavírus.

Devido à pandemia, em diversos países as casas noturnas fecharam e ainda não reabriram. Contudo, algumas pessoas estão usando as locações do Airbnb para fazer festas.

Por conta disso, a plataforma de locação decidiu reagir. Na última quinta-feira (20) o Airbnb anunciou que iria proibir a organização de qualquer festa ou evento nas residências oferecidas em seu site.

De acordo com a empresa, essa proibição se aplica a todas as reservas feitas a partir de quinta-feira e até novo aviso.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

airbnb proíbe festas
Imagem: Reprodução / Free-Photos

Airbnb proíbe festas por conta do covid-19

 

Segundo o Airbnb, com a pandemia covid-19, alguns optaram por transferir o que faziam em bares e discotecas em casas, por vezes alugadas através da nossa plataforma”.

“Achamos que tal conduta é incrivelmente irresponsável. Não queremos nos envolver nela e qualquer pessoa que se envolver ou autorizar esse comportamento não tem lugar em nossa plataforma”, acrescentou o Airbnb.

Além disso, mesmo que os anfitriões tenham concordado com a realização de uma festa em sua casa, 73% das acomodações oferecidas no site já proibiam qualquer evento.

 

Medidas adicionais desde a pandemia

 

A Airbnb também impôs restrições no final de 2019 para limitar festas não autorizadas após uma festa de Halloween que se transformou em uma tragédia.

Do mesmo modo a empresa criou uma equipe para responder rapidamente aos problemas e aplicar medidas rápidas contra usuários que violarem as novas regras.

Porém o grupo tomou medidas adicionais com as regras de pandemia e distanciamento social. Por exemplo, removeram de seus filtros a menção de que os anfitriões concordam em hospedar eventos.

“No entanto, em muitas jurisdições grandes, as regras de saúde pública sobre reuniões mudaram. Em alguns lugares mudaram para frente e para trás em resposta às mudanças nas taxas de casos de covid-19,  assim como as regulamentações sobre bares, boates e pubs”, observa o Airbnb em seu post.

Neste contexto, “decretar uma proibição abrangente de festas e eventos é do interesse da saúde pública”, acrescentou a empresa.

Informar Erro
Fonte Le Monde

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes