Saiba como o Alinhamento de Júpiter e Saturno nesta segunda (21)

A última vez que os planetas se alinharam com tanta proximidade foi há quase 800 anos atrás, o próximo evento acontecerá apenas em 2080.

Na noite desta segunda-feira (21) acontece um fenômeno raro no céu, a conjunção ou alinhamento entre Júpiter Saturno. O que quer dizer que os planetas vão se alinhar e será possível vê-los a olho nu. Estima-se que última vez que tal fato aconteceu foi em 1623. Por isso, a raridade do fenômeno que acontece hoje novamente.

Alinhamento de Júpiter e Saturno

Também chamada de “Estrela de Natal” ou de “grande conjunção”, essa é a maior aproximação entre os dois planetas desde 8 séculos atrás. Ainda segundo o astrônomo Patrick Hartigan, da Universidade de Rice (EUA), o ocorrido pode ser mais antigo ainda. Em entrevista à BBC em novembro, ele afirmou que um alinhamento tão próximo pode ter ocorrido em 1226, quase 800 anos atrás. Além disso, a previsão para que outra aproximação entre Júpiter e Saturno ocorra é daqui a 60 anos, em 2080. Depois disso, apenas em 2400.

O fenômeno é raro porque cada planeta demora um tempo diferente para girar em torno do Sol. A terra, por exemplo, leva um ano, já Júpiter e Saturno demoram cerca de 12 e 30 anos, respectivamente, para completar a volta.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

alinhamento júpiter e saturno
Foto: Freeimages

Quando e onde ver?

Esse fenômeno excepcional poderá ser visto de quase todos os lugares da Terra, no momento do por do sol. A estrela de natal estará visível ao lado oeste, mas para isso você deve estar em um lugar claro como um parque ou um piso elevado, sem nada à sua frente que obstrua sua visão e, se possível, com pouca poluição luminosa. Quem estiver próximo à linha do Equador vai observar melhor, pois vai ficar mais tempo visível ali.

À primeira vista, os dois planetas aparecerão quase “colados” no céu crepuscular da noite. O maior e mais brilhante ponto de luz é Júpiter.

Será possível ver os planetas alinhados a olho nu, mas quem tiver telescópio ou binoculo conseguirá enxergar até mesmo os anéis de saturno, além das quatro luas de júpiter.

Contudo, como todo fenômeno no céu, as condições climáticas interferem, para ver o alinhamento dos planetas é necessário que não chova e que o céu esteja limpo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes