‘Anticorpos caem rapidamente após a infecção’ por coronavírus, dizem cientistas

Pesquisadores dizem que os anticorpos caem rapidamente após a infecção pelo coronavírus. A imunidade está diminuindo e há riscos de uma pessoa se contaminar mais de uma vez.

De acordo com os pesquisadores, os ‘anticorpos caem rapidamente’ após a infecção pelo coronavírus.

Os anticorpos são uma parte essencial de nossas defesas imunológicas e impedem o vírus de entrar nas células do corpo.

A equipe do Imperial College London descobriu que o número de pessoas com teste positivo para anticorpos caiu 26% entre junho e setembro.

De acordo com a equipe, a imunidade parece estar diminuindo e  há o risco uma pessoa pegar o vírus várias vezes.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Assim, mais de 350.000 pessoas na Inglaterra fizeram um teste de anticorpos como parte do estudo REACT-2 até agora.

A princípio, na primeira rodada de testes, no final de junho e início de julho, cerca de 60 em 1.000 pessoas tinham anticorpos detectáveis.

Mas no último conjunto de testes, em setembro, apenas 44 por 1.000 pessoas deram positivo.

Isso sugere que o número de pessoas com anticorpos diminuiu em mais de um quarto entre o verão e o outono.

 

Anticorpos caem rapidamente
Imagem: Reprodução / Pixabay

‘Anticorpos caem rapidamente’

“A imunidade está diminuindo rapidamente, estamos apenas três meses após nossa primeira rodada de testes e já estamos mostrando um declínio de 26% nos anticorpos”, disse a professora Helen Ward, uma das pesquisadoras.

A queda foi maior naqueles com mais de 65 anos, em comparação com grupos de idade mais jovens, e naqueles sem sintomas em comparação com aqueles com covid-19 totalmente desenvolvido.

Os anticorpos aderem à superfície do coronavírus para impedi-lo de invadir as células do nosso corpo e atrair o restante do sistema imunológico.

O que exatamente a queda de anticorpos significa para a imunidade ainda é incerto. Existem outras partes do sistema imunológico, como as células T, que também podem desempenhar um papel, matando diretamente as células hospedeiras infectadas e chamando outras células imunológicas para ajudar.

No entanto, os pesquisadores alertam que os anticorpos tendem a ser altamente preditivos de quem está protegido.

A professora Wendy Barclay disse: “Podemos ver os anticorpos e podemos vê-los diminuindo e sabemos que os anticorpos por si próprios são bastante protetores”.

Houve muito poucos casos confirmados de pessoas que pegaram covid-19 duas vezes . No entanto, os pesquisadores alertam que isso pode ser por conta da imunidade que está apenas começando a diminuir desde o pico das taxas de infecção em março e abril.

Informar Erro
Fonte BBC

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes