Asteroide pode atingir a Terra um dia antes da eleição dos EUA, segundo astrofísico Neil deGrasse Tyson

De acordo com o cientista e celebridade Neil deGrasse Tyson, um asteroide pode atingir a Terra um dia antes da eleição dos EUA. Contudo, ele não é grande o suficiente para causar danos graves.

De acordo com o cientista e celebridade Neil deGrasse Tyson, um asteroide pode atingir a Terra um dia antes da eleição dos EUA.

Contudo, ele não é grande o suficiente para causar danos graves, afinal o diâmetro do asteroide tem o tamanho de uma geladeira.

O astrofísico famoso disse que a rocha espacial, conhecida como 2018VP1, é arremessada em direção à Terra a uma velocidade de 25.000 milhas por hora. A previsão é que ela se choque contra o  planeta no dia 2 de novembro.

“O asteroide 2018VP1, uma rocha espacial do tamanho de um refrigerador, está se lançando em nossa direção a mais de 40.000 km/h. A Terra poderá ouvir os zumbidos em 2 de novembro, um dia antes da Eleição Presidencial”, escreveu ele no Instagram.

Mas ele acrescentou que o objeto voador não é nada para perder o sono, pois “não é grande o suficiente para causar danos”. ⠀⠀⠀

“Portanto, se o mundo acabar em 2020, não poderemos culpar o universo”, acrescentou ele.

 

Asteroide pode atingir a Terra

O asteroide que está atualmente se projetando em direção à Terra foi descoberto pelo Observatório Paloma, na Califórnia, em 2018, quando estava a cerca de 280.000 milhas de distância.

A NASA já havia identificado o asteroide voando em direção ao nosso planeta, mas estimava que suas chances de realmente atingir o alvo eram menos de 1%.

Em agosto, a notícia da aproximação do asteroide se espalhou devido à sua proximidade com o dia da eleição nos Estados Unidos. 

Contudo, a agência espacial por meio de uma conta oficial na mídia social dedicada à observação de asteroides dissipou a ideia

“Atualmente, o asteroide tem 0,41% de chance de entrar na atmosfera do nosso planeta, mas se isso acontecesse, se desintegraria devido ao seu tamanho extremamente pequeno”, disse  a agência espacial.

Fonte Fox News
Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.