Coronavírus: Bar na Alemanha coloca pandas tomando cerveja para protestar

Bar na Alemanha coloca pandas gigantes nas mesas e no balcão do bar como uma forma de protesto “divertida” contra as medidas restritivas do coronavírus.

Bar na Alemanha coloca pandas nas mesas e no balcão do bar como uma forma de protesto “fofa” contra o coronavírus.

O proprietário de um bar e restaurante em Frankfurt resolveu manifestar contra as medidas restritivas adotadas no país. Assim, ele encheu suas mesas com dezenas de pandas de pelúcia.

“Queríamos dar vida ao nosso restaurante”, disse Guiseppe Fichera, gerente do restaurante Pino. 

Os pandas de pelúcia, internacionalmente queridos, estão sentados em volta das mesas do restaurante e apoiados no bar, alguns com garrafas de cerveja Corona. Certamente, a escolha da cerveja não foi aleatória e Fichera quis fazer uma brincadeira com a palavra.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“É um protesto silencioso – uma oferta aos nossos hóspedes”, disse Fichera. Além disso, ele declarou que manterá as luzes acesas 24 horas por dia, 7 dias por semana, enquanto o bloqueio durar. Assim, os pedestres podem se deleitar com o ato furioso do ativismo.

 

Bar na Alemanha coloca pandas
Imagem: Reprodução / Reuters

Bar na Alemanha coloca pandas nas mesas

De acordo com a Reuters, as autoridades alemãs certamente extenderão o bloqueio até 20 de dezembro. O segundo bloqueio nacional – imposto pela primeira vez em 2 de novembro – determina que bares, restaurantes e locais de entretenimento permaneçam fechados. Contudo, lojas e escolas podem permanecer abertas.

Em meio à indignação e aos confrontos da polícia sobre as medidas contra a covid-19 da chanceler Angela Merkel, o governo alemão disse que estenderá a ajuda financeira às empresas atingidas pelas restrições. Fontes disseram à Reuters que as autoridades podem injetar até 20 bilhões de euros em dezembro.

Embora a maioria dos alemães supostamente aceite as condições para enfrentar uma segunda onda do coronavírus, os críticos rebatem que a lei dá ao governo nacional muito poder. Bem como coloca em risco os direitos civis dos cidadãos sem a aprovação do parlamento.

Fonte Reuters NY POST

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes