Caixas-pretas e corpos de avião que caiu na Indonésia são localizados

As equipes de resgate localizaram as caixas-pretas neste domingo (10). As autoridades também inspecionam destroços e corpos do avião Boeing 737-500 que caiu ontem (09), na Indonésia

As equipes de resgate da Indonésia encontraram as caixas-pretas do avião Boeing 737-500 da empresa Sriwijaya que sofreu um acidente com 62 pessoas a bordo, neste domingo (10), segundo as autoridades do país. Polícia também encontra e inspeciona corpos e destroços da aeronave encontrados neste mesmo dia. O avião caiu ontem (09), logo após a decolagem em Jacarta, capital do país. 

 

Polícia encontra caixas-pretas e corpos do avião que caiu na Indonésia

Além dos destroços, a polícia da cidade declarou que encontrou partes de pertences e de corpos nas áreas onde os últimos sinais do voo haviam sido emitidos. Os destroços foram descobertos a cerca de 23 metros de profundidade no mar de Java, que fica ao norte da cidade. As autoridades encontraram as caixas-pretas algumas horas depois de um sinal de alerta do aparelho ser detectado pelas operações de busca, informou o comandante das forças armadas indonésias, Hadi Tjahjanto, citado pelo Ministério dos Transportes.

 

“Localizamos as caixas pretas, as duas”, disse Soerjanto Tjahjanto, chefe do comitê de segurança, que integra equipe do Ministério dos Transportes. A Agência Nacional de Busca e Resgate Bagus Puruhito disse que as “peças foram encontradas pela equipe de SAR (Busca e Resgate) entre as ilhas Lancang e Laki”. “Os mergulhadores vão começar a procurá-las [as caixas-pretas] e espero que não demore muito para que as encontrem”, afirmou. Três navios da marinha, mergulhadores, helicópteros e o exército participam do resgate e da busca por sobreviventes. 

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O que houve com o avião que caiu na Indonésia?

Caixas-pretas e corpos de avião que caiu na Indonésia são localizados
(Foto: Adek Berry/AFP)

 

O voo tinha como destino a cidade de Pontianak, na ilha de Bornéu, outra cidade da Indonésia. Por volta das 4h40 (de Brasília; 14h40 em Jacarta), o Boeing desapareceu. A viagem duraria cerca de uma hora e 30 minutos. A bordo, havia 62 pessoas, sendo doze tripulantes. 

 

Entre os passageiros estavam 10 crianças, três delas bebês. O ministro dos Transportes da Indonésia, Budi Karya Sumadi, disse que o avião sumiu dos radares quatro minutos após a decolagem. De acordo com o Flightradar24, um website que disponibiliza a visualização de aviões do mundo todo, em tempo real, o avião perdeu 10 mil pés de altitude em menos de um minuto, quando já sobrevoava o mar de Java. Algumas testemunhas relataram à mídia local que viram a aeronave cair no mar.

 

Investigações sobre a queda do Boeing 737-500 

As investigações ainda estão no início, portanto, ainda não há sobreviventes e as causas da tragédia estão em curso. O CEO da companhia aérea alegou que o avião estava em boas condições. Já as autoridades aéreas indonésias não revelaram nenhum detalhe sobre o que pode ter provocado o acidente.

 

O presidente da Indonésia, Joko Widodo, expressou suas “profundas condolências” aos familiares das vítimas e pediu para a população “rezar para que os corpos sejam encontrados”.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes