Covid-19: China nega entrada de investigadores da OMS

O objetivo da visita seria para investigar a origem animal da pandemia e saber exatamente como o vírus passou para os humanos.

China nega entrada de investigadores da Organização Mundial da Saúde (OMS). Os pesquisadores tinham como objetivo realizar investigações na cidade de Wuhan.

Dois membros da equipe já estavam a caminho. Contudo, a OMS disse que eles tiveram problemas com a falta de autorização de visto para entrada no país.

Mas a China contestou a informação, e disse que os detalhes da visita, incluindo as datas, ainda estavam sendo combinados.

Assim, a investigação esteve em processo de organização com Pequim após muitos meses de negociações com a OMS.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O vírus foi detectado pela primeira vez em Wuhan no final de 2019, com o surto inicial vinculado a um mercado.

De acordo com o chefe da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, ele está “muito desapontado” com o fato de a China ainda não ter finalizado as permissões para as chegadas da equipe “uma vez que dois membros já haviam iniciado suas viagens e outros não puderam viajar no último minuto”.

 

China nega entrada de investigadores
Imagem: Reprodução / iStock

China nega entrada de investigadores da covid-19

A OMS tem trabalhado por meses para enviar uma equipe de dez especialistas internacionais para a China. O objetivo da visita seria para investigar a origem animal da pandemia e saber exatamente como o vírus passou para os humanos.

No mês passado, a OMS anunciou que a investigação teria início em janeiro de 2021.

Os dois integrantes da equipe internacional partiram para a China na manhã da última terça-feira (5) , informou a OMS. De acordo com a agência de notícias Reuters, o chefe de emergências da OMS, Mike Ryan, disse que um deles voltou atrás e o outro está em um terceiro país.

A covid-19 foi detectada pela primeira vez na cidade chinesa de Wuhan, na província central de Hubei, no final de 2019.

A princípio, acreditou-se que o vírus se originou em um mercado de carnes de animais exóticos. Assim, sugere-se que foi aí que o vírus passou dos animais para os humanos.

Mas a origem do vírus ainda é um pouco incerta e alguns cientistas a contestam. Alguns especialistas agora acreditam que o mercado pode não ter sido a origem, e que ele foi apenas ampliado ali.

Fonte BBC

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes