Chuva de meteoros Geminídeas chega ao ápice hoje à noite

 A chuva de meteoros Geminídeas chega ao seu ápice nesta noite de segunda-feira em uma exibição deslumbrante de estrelas cadentes multicoloridas.

A chuva de meteoros Geminídeas chega ao seu ápice na noite de hoje (14).

Ela normalmente ocorre todos os anos entre 4 e 17 de dezembro. Contudo, deve chegar ao seu clímax nesta noite de segunda-feira em uma exibição deslumbrante de estrelas cadentes multicoloridas.

As diversas cores vêm dos elementos dos quais o meteoro é feito.

De acordo com a NASA , em seu pico, a chuva apresenta cerca de 120 meteoros por hora viajando cerca de 22 milhas por segundo.

A visibilidade deve ser ainda melhor este ano, porque o pico da chuva se sobrepõe a uma lua quase nova, resultando em céus mais escuros.

 

Chuva de meteoros geminídeas
Imagem: reprodução / unsplash

Chuva de meteoros Geminídeas

As geminídeas, que começaram a aparecer no século 19, são consideradas uma das melhores e mais confiáveis ​​chuvas de meteoros todos os anos, de acordo com a NASA.

A cada ano, a Terra passa por trilhas de detritos de partículas de cometas remanescentes. Bem como de pedaços de asteroides que colidem com a atmosfera e criam faixas coloridas no céu.

O evento é melhor visto à noite e antes do amanhecer, começando por volta das 22h, horário local no Hemisfério Norte.

Contudo, ele será visível em todo o mundo, desde que não haja nuvens para obstruir a visão.

De acordo com a American Meteor Society, a visão da chuva de meteoros geminídeas será melhor no hemisfério sul. Afinal, no verão há menos nuvens.

Você quer assistir a chuva, mas não quer sair de casa? A Nasa fará uma transmissão ao vivo da chuva de meteoros em sua página no Facebook: NASA Meteor Watch.

Se você está em um local favorável para assistir a chuva,  o melhor horário para ver o fenômeno no Brasil é à 1h da manhã. Contudo, ainda será possível ver as geminídeas em outros horários hoje.

Fonte ABC
Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.