Com saída de Jeff Bezos, saiba quem será o proximo CEO da Amazon

Há 27 anos na função de CEO da Amazon, Jeff Bezos vai deixar o cargo em 2021. Segundo o empresário bilionário, a decisão foi motivada por sua vontade de focar energia em novos produtos na empresa.

Jeff Bezos, fundador e atual CEO da Amazon, irá deixar o cargo no terceiro trimestre de 2021, anunciou a empresa nesta terça-feira, 2 de janeiro. Desde 1994 a frente da companhia, Bezos continuará na Amazon, mas como presidente-executivo do Conselho. Em uma carta aos funcionários, o empresário bilionário afirmou que deseja “focar suas energias e atenção em novos produtos e iniciativas que estão começando”, segundo informou o G1.

Quem vai assumir o cargo de CEO na Amazon?

Fundador da Amazon Jeff Bezos
Fundador da Amazon Jeff Bezos (Foto: Alex Wong/Getty Images)

Andrew R. Jassy, mais conhecido como Andy Jassy, foi o escolhido para assumir a posição de Jeff Bezos. O empresário norte-americano de 52 anos já trabalha na companhia, mas como diretor-executivo e CEO da Amazon Web Services, sistema de computação em nuvem da empresa. Além de seu trabalho na Amazon, ele também é um dos proprietários minoritários do Seattle Kraken da National Hockey League.

Através do comunicado, Jeff Bezos afirmou que Andy é “bem conhecido dentro da Amazon e está na empresa há quase tanto tempo como ele”.  Bezos expressou seu apoio e confiança no novo CEO da Amazon. “Ele será um líder excepcional e tem toda a minha confiança”, completou.

Como Jeff Bezos criou a Amazon?

Leia também

Nice x Monaco: onde assistir ao jogo da Copa da França…

Senado dos EUA aprova projeto de US$ 1,9 trilhão contra…

Formado em Engenharia Elétrica e Ciência da Computação pela Universidade de Princeton, uma das mais celebradas nos Estados Unidos, em 1986, Bezos começou a trilhar o caminho da Amazon em 1994, quando decidiu fundar a empresa. A ideia surgiu após saber que o uso da internet aumentava 2.300% ao ano.

No início, a Amazon comercializa apenas livros físicos online, mas Jeff Bezos tinha ambição de tornar o empreendimento ainda maior. Um dos principais pontos para o seu sucesso foi a preocupação em criar uma marca forte online, pois sabia que o modelo de negócios seria copiado no futuro.  O site da loja foi lançado em 1995, e nos primeiros meses a Amazon já faturava US$ 20 mil por semana e fazia entregas em todos os estados dos EUA e outros 45 países.

- PUBLICIDADE -

Com o passar dos anos, Bezos começou a enxergar a Amazon além da venda de livros. Ele focou em criar uma empresa de tecnologia. Além de passar a vender outros produtos, a Amazon passou a oferecer serviços de dados e estatísticas pela Amazon Web Services. Isso fez com que a empresa se tornasse uma das principais provedoras de armazenamento em nuvem até os dias de hoje.

Qual a fortuna de Jeff Bezos?

Na lista de bilionários mais poderosos do mundo, Bezos conseguiu aumentar sue patrimônio em cerca de 66 bilhões de dólares em 2020, ano que foi marcado pela pandemia da Covid-19. Na contramão da economia, o fundador da Amazon aumentou mais de 50% sua fortuna.

Segundo a lista de homens mais ricos do mundo, Bezos já conquistou 200, 4 bilhões de dólares, ficando na frente de Bill Gates. Entretanto, o empresário ainda fica atrás de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space-X.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes