Deslizamento de terra na Noruega tem casas soterradas

Um deslizamento de terra atingiu o sudeste da Noruega. Cerca de 700 pessoas foram evacuadas e pelo menos 10 ficaram feridas, uma delas em estado crítico.

Um deslizamento de terra na Noruega deixou 10 pessoas feridas em vilarejos. Além disso,  21 casas ficaram soterradas e desapareceram da paisagem. 

Cerca de 500 pessoas foram evacuadas da vila de Gjerdrum, que fica a cerca de 25 km da capital, Oslo.

De acordo com os relatórios, uma pessoa ficou gravemente ferida.

“A polícia classificou o acontecimento como um desastre”, disse o chefe da operação policial local, Roger Pettersen.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Há relatos dramáticos e a situação é grave”, disse ele. Bem como acrescentou que as pessoas haviam chamado os serviços de emergência dizendo que toda a casa estava se movendo.

De acordo com a polícia norueguesa no twitter: “o deslizamento de terra tomou várias casas. Os serviços de emergência, com assistência da defesa civil e militar norueguesa, estão em processo de evacuação”.

 

Deslizamento de terra na Noruega

Várias pessoas ficaram presas e algumas conseguiram telefonar para parentes pedindo ajuda.

Sobre os que ainda estão desaparecidos, a polícia disse em um comunicado: “Não sabemos se essas pessoas estão na área do deslizamento, se estão de férias ou de outra forma não podem entrar em contato com a polícia”.

Além disso, as condições climáticas são desafiadoras neste momento. Afinal, está escuro e o tempo está ruim.

A primeira-ministra norueguesa, Erna Solberg, postou nas redes sociais: “é doloroso ver como as forças da natureza devastaram Gjerdrum”.

Bem como acrescentou: “meus pensamentos vão para todos os afetados pelo deslizamento de terra”.

O deslizamento ocorreu na madrugada de quarta-feira  (30) e cobre uma área de 210.000 m².

 

Região de argila

A área onde o vilarejo está localizado é conhecida por ter uma grande quantidade da chamada argila rápida. Essa é uma forma de argila que pode mudar da forma sólida para a líquida. 

Massas de terra ainda se movem naquele que tem sido um dos maiores deslizamentos da história recente da Noruega, disse Torild Hofshagen, chefe regional da Diretoria de Recursos Hídricos e Energia da Noruega, em uma entrevista coletiva.

A emissora NRK relatou que o sul do país viu grandes quantidades de precipitação nos últimos dias. Assim, isso pode ter causado a mudança no solo argiloso predominante na área.

Fonte BBC

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes