Eleição na Nova Zelândia: Partido Trabalhista de Jacinda Ardern obtém vitória esmagadora

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, obteve uma vitória vantajosa nas eleições gerais do país.

Jacinda Arden obteve uma vitória esmagadora na eleição na Nova Zelândia.

Com a maioria das cédulas apuradas, o Partido Trabalhista de centro-esquerda de Ardern ganhou 49% dos votos. Assim, ela deverá ganhar também uma rara maioria parlamentar absoluta.

O Partido Nacional de centro-direita da oposição, atualmente com 27%, admitiu a derrota na votação neste sábado (17).

A princípio, a votação deveria ser originalmente em setembro, mas teve um adiamento de  um mês após uma nova onda de covid-19 no país.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

No entanto, as urnas foram abertas às 09h hora local e fecharam às 19h. Mais de um milhão de pessoas já haviam votado nas primeiras eleições, que abriram em 3 de outubro.

Além disso, os neozelandeses também foram convidados a votar em dois referendos paralelamente às eleições gerais.

 

Eleição na Nova Zelândia
Imagem: Reprodução / Getty Images

Eleição na Nova Zelândia

De acordo com a Comissão Eleitoral, o Partido Trabalhista está com 49% dos votos, seguido pelo Partido Nacional com 27%, e os partidos ACT Nova Zelândia e Verdes com 8%.

“A Nova Zelândia mostrou ao Partido Trabalhista seu maior apoio em quase 50 anos”, disse Ardern a seus partidários após a vitória. “Não consideraremos seu apoio garantido. E, posso prometer que seremos um partido que governa para todos os neozelandeses”.

A líder do Partido Nacional, Judith Collins, parabenizou Ardern e prometeu que seu partido seria uma “oposição robusta”.

“Três anos se passarão em um piscar de olhos”, disse ela, referindo-se à próxima eleição agendada. “Nós voltaremos”.

Prevê-se que o Partido Trabalhista de Ardern conquiste 64 cadeiras – o suficiente para uma maioria absoluta. Nenhum partido conseguiu fazê-lo na Nova Zelândia desde que introduziu um sistema de votação conhecido como Representação Proporcional de Membros Mistos (MMP) em 1996.

Assim, Ardern se comprometeu a implantar políticas mais favoráveis ​​ao clima, aumentar o financiamento para escolas desfavorecidas e aumentar os impostos sobre rendas muito altas.

Informar Erro
Fonte BBC

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes