Eleição na Nova Zelândia: Partido Trabalhista de Jacinda Ardern obtém vitória esmagadora

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, obteve uma vitória vantajosa nas eleições gerais do país.

Jacinda Arden obteve uma vitória esmagadora na eleição na Nova Zelândia.

Com a maioria das cédulas apuradas, o Partido Trabalhista de centro-esquerda de Ardern ganhou 49% dos votos. Assim, ela deverá ganhar também uma rara maioria parlamentar absoluta.

O Partido Nacional de centro-direita da oposição, atualmente com 27%, admitiu a derrota na votação neste sábado (17).

A princípio, a votação deveria ser originalmente em setembro, mas teve um adiamento de  um mês após uma nova onda de covid-19 no país.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

No entanto, as urnas foram abertas às 09h hora local e fecharam às 19h. Mais de um milhão de pessoas já haviam votado nas primeiras eleições, que abriram em 3 de outubro.

Além disso, os neozelandeses também foram convidados a votar em dois referendos paralelamente às eleições gerais.

 

Eleição na Nova Zelândia
Imagem: Reprodução / Getty Images

Eleição na Nova Zelândia

De acordo com a Comissão Eleitoral, o Partido Trabalhista está com 49% dos votos, seguido pelo Partido Nacional com 27%, e os partidos ACT Nova Zelândia e Verdes com 8%.

“A Nova Zelândia mostrou ao Partido Trabalhista seu maior apoio em quase 50 anos”, disse Ardern a seus partidários após a vitória. “Não consideraremos seu apoio garantido. E, posso prometer que seremos um partido que governa para todos os neozelandeses”.

A líder do Partido Nacional, Judith Collins, parabenizou Ardern e prometeu que seu partido seria uma “oposição robusta”.

“Três anos se passarão em um piscar de olhos”, disse ela, referindo-se à próxima eleição agendada. “Nós voltaremos”.

Prevê-se que o Partido Trabalhista de Ardern conquiste 64 cadeiras – o suficiente para uma maioria absoluta. Nenhum partido conseguiu fazê-lo na Nova Zelândia desde que introduziu um sistema de votação conhecido como Representação Proporcional de Membros Mistos (MMP) em 1996.

Assim, Ardern se comprometeu a implantar políticas mais favoráveis ​​ao clima, aumentar o financiamento para escolas desfavorecidas e aumentar os impostos sobre rendas muito altas.

Informar Erro
Fonte BBC

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes