Equipe da OMS chega a Wuhan para investigar a origem da covid-19

A OMS enviou uma equipe de especialistas a Wuhan para investigar as origens do coronavírus.

Após diversos imprevistos, a equipe da OMS chega a Wuhan para investigar a origem da covid-19, informou a mídia estatal CGTN.

A equipe de 10 membros recebeu a aprovação do governo do presidente Xi Jinping após meses de disputas diplomáticas que geraram uma reclamação pública incomum do Diretor-Geral da OMS, Tedros Adhanom Gheybreyesus.

Os pesquisadores deveriam ficar em quarentena por duas semanas em Wuhan, após terem feito um teste PCR e um teste de anticorpos para covid-19.

De acordo com o Wall Street Journal, a China negou a entrada de dois membros da equipe depois que ambos testaram positivo. 

Contudo, a OMS disse mais tarde que os cientistas estavam em Cingapura realizando novamente os testes.

De acordo com a OMS, a equipe conversará com médicos e trabalhadores do mercado de carnes. Bem como investigará os casos de pneumonia que surgiram antes dos primeiros casos conhecidos de covid-19.

 

Equipe da OMS chega a Wuhan
Imagem: Reprodução q Getty Images
Leia também

Nova variante do coronavírus no Brasil: veja os sintomas

Saiba quem tem direito de receber a vacina da Covid-19 em…

Equipe da OMS chega a Wuhan

- PUBLICIDADE -

O novo coronavírus, causador da doença covid-19, foi detectado pela primeira vez em Wuhan no final de 2019.

Desde então, ele se espalhou para quase todos os países do planeta, e já matou quase 2 milhões de pessoas. Bem como infectou dezenas de milhões, enquanto devastou a economia global.

Os cientistas suspeitam que o vírus passou para os humanos a partir de morcegos ou outros animais, provavelmente no sudoeste da China.

O governo chinês estava sob pressão internacional para lidar com o surto inicial. Ele respondeu dizendo que o vírus chegou à China vindo do exterior, uma afirmação que os cientistas rejeitaram.

A visita da delegação da OMS acontece no mesmo dia em que as autoridades chinesas relataram a primeira morte por covid-19 em oito meses. 

A China está vendo um aumento nos casos de coronavírus na região nordeste.

Fonte DW

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes