Espanha impõe toque de recolher nacional para conter a covid-19

Espanha impõe toque de recolher noturno em todo país para tentar conter as infecções de covid-19. País também declarou estado de emergência.

Espanha impõe toque de recolher noturno em todo país para tentar conter as infecções de covid-19. Além disso, o país também declarou estado de emergência.

O primeiro-ministro Pedro Sánchez disse que o toque de recolher, que entrou em vigor na noite de domingo (25), seria entre 23h00 e 06h00.

De acordo com as medidas, as autoridades locais também podem proibir viagens entre regiões.

Assim, Sánchez disse que pedirá ao parlamento que prorrogue as novas regras, inicialmente em vigor por 15 dias, para seis meses.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A Espanha sofreu durante a primeira onda da pandemia no início deste ano e na época impôs um bloqueio muito mais restritivo – um dos mais difíceis do mundo. Contudo, como muitas outras regiões europeias, o país se encontra em meio a uma segunda onda de infecções.

Na Itália, as novas restrições também foram começaram no domingo. O governo disse que o aumento constante de casos está causando uma enorme pressão nos serviços de saúde do país.

Enquanto isso, a França relatou um número recorde de novas infecções diárias. O país atingiu um total de 52.010 infecções no domingo.

 

Espanha impõe toque de recolher
Imagem: Reprodução / Pixabay

Espanha impõe toque de recolher

Sánchez disse que diferentes regiões teriam até uma hora de flexibilidade se quisessem modificar a duração do toque de recolher noturno.

As restrições ao movimento entre os distritos seriam determinadas pelos líderes regionais e provavelmente dependeriam das necessidades médicas e de trabalho, acrescentou.

As novas medidas anunciadas incluem um limite de reuniões públicas e privadas, inclusive familiares, a um máximo de seis pessoas.

“A situação pela qual estamos passando é extrema”, disse Sánchez em um discurso na televisão no domingo, acrescentando: “É a mais séria do último meio século”.

Mais da metade das 17 regiões da Espanha pediram restrições mais rígidas, e as medidas mais recentes serão para todas as regiões, exceto as Ilhas Canárias.

O mesmo nível de emergência também ocorreu durante a primeira onda da pandemia em abril.

A Espanha já ultrapassou um milhão de casos desde que a pandemia começou e quase 35.000 pessoas morreram.

Informar Erro
Fonte BBC

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes