EUA reabre emissão de vistos para brasileiros

O valor do Visto Americano em 2021 é de US$ 160

Uma boa notícia para quem pretende viajar. A partir desta segunda-feira, 8 de novembro, a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e os consulados retomaram a emissão e a renovação de vistos para turistas já vacinados contra a covid-19.  Os serviços estavam paralisados desde maio de 2020 por causa da pandemia.

De acordo com o porta-voz e chefe da seção consular da embaixada, Antonio Agnone, um número significativo de vagas para entrevistas, incluindo datas para este ano, já foram disponibilizadas.

Outra novidade é que, de acordo com a disponibilidade, entrevistas já marcadas poderão ser reagendadas para uma data mais próxima. A embaixada e consulados recomendam que os solicitantes de visto chequem regularmente o site de agendamento para novos horários.

Regras para tirar o visto dos EUA

Pelas regras divulgadas pela embaixada, além de completamente imunizados contra a covid-19, os viajantes precisam apresentar o comprovante de vacinação. A dose final deve ter sido administrada ao menos duas semanas antes do embarque para os EUA.

Outra exigência é um teste PCR ou antígeno negativo, feito até três dias antes do embarque. Serão aceitos os imunizantes aprovados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para uso emergencial, ou seja, todos os utilizados pelo Programa Nacional de Imunizações brasileiro.

Crianças e adolescentes de até 17 anos não precisam apresentar o comprovante de vacinação, mas devem ter um teste negativo realizado no mesmo período dos adultos que os acompanham. Este novo sistema de viagens substitui as restrições existentes para o Brasil e outros países, implementando uma abordagem consistente em todo o mundo.

Quanto custa o visto para os Estados Unidos?

O valor do Visto Americano em 2021 é de US$ 160 (cento e sessenta dólares americanos). Esse valor é destinado ao Visto de Turista para os EUA, Categoria B, que em reais pode passar dos R$900.

Todos os brasileiros necessitam de um visto para visitar os Estados Unidos, incluindo passageiros em trânsito fazendo uma conexão internacional. Turistas com dupla cidadania podem ser elegíveis, no entanto, a entrar sem um visto sob o  Electronic System for Travel Authorization(ESTA) usando o seu passaporte da outra nacionalidade.

Leia também:

Viagens internacionais baratas: 7 destinos para conhecer gastando pouco

 

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes