Foguete da SpaceX cai e explode após retornar à Terra

Um foguete da SpaceX cai e explode após completar um lançamento de teste. Apesar de seu fim em chamas, Elon Musk considerou a tentativa mais recente da empresa um sucesso.

Um foguete da SpaceX  cai e explode no pouso após um lançamento de teste bem-sucedido na quarta-feira (9), de acordo com uma transmissão ao vivo do evento feita pela empresa.

O teste durou seis minutos e meio e o foguete viajou vários quilômetros no ar antes de retornar à Terra.

O protótipo da nave, que deve eventualmente transportar pessoas e carga para Marte, ficou em chamas quando fez um pouso rápido.

Contudo, Elon Musk, fundador e CEO da SpaceX , explicou em um tweet que a velocidade de toque foi muito alta por conta da baixa pressão no tanque de combustível. Mas que mesmo assim sua equipe “obteve todos os dados de que precisava”.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Foguete da SpaceX  cai e explode no pouso

O foguete atingiu uma altitude de quase 13 quilômetros, ou seja, 100 vezes mais que as tentativas anteriores.

A empolgação pelo lançamento aumentou depois do cancelamento do teste no último segundo na terça-feira na pequena cidade de Boca Chica, no Texas.

O modelo mais recente tinha 160 pés de altura e era movido por três motores Raptor. Restos do foguete ficaram espalhados pela pista de pouso após a explosão.

O CEO da Amazon, Jeff Bezos, fundador da Blue Origin, elogiou o lançamento e disse: “Qualquer um que saiba o quão difícil é esse material está impressionado com esse teste de hoje”.

 

Planos ambiciosos à frente

No mês passado, a SpaceX completou uma operação de abastecimento da estação espacial para a NASA. Bem como realizou seu segundo voo tripulado do Kennedy Space Center da Flórida.

A nave estelar do teste é apenas uma parte da nave que está em planejamento para levar as pessoas em viagens a Marte com o foguete inteiro, ajustado para ficar com 394 pés de altura.

Musk previu com otimismo que a empresa será capaz de pousar um humano em Marte em seis anos – “Se tivermos sorte, talvez quatro anos”.

Fonte DW

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes