Mortes por Covid-19 nos EUA equivalem a um 11 de Setembro por dia

Doença teve seu recorde de óbitos e Covid-19 nos EUA já matou mais em um dia do que as vítimas do atentado de 11 de setembro de 2001

Covid-19 nos EUA – No último dia 16 de dezembro, foi a data recorde de mortes por coronavírus nos Estados Unidos. Em menos de 24 horas, o país registrou mais de 3,6 mil óbitos pela doença que parou o mundo em 2020.

Covid-19 nos EUA x 11 de setembro

A taxa de óbito diária de Covid-19 nos EUA já é equivalente a quantidade de pessoas que perderam a vida no 11 de Setembro, quando dois aviões colidiram contra as Torres Gêmeas, em Nova York, em 2001. Na ocasião, mais de 3 mil pessoas morreram.

Estudos da Universidade de Harvard dizem que é como se houvesse um atentado do 11 de Setembro a cada 1,2 dia. “Da mesma forma que no atentado, a pandemia pareceu vir do nada e mudou completamente vários aspectos de nossas vidas”, disse o professor do departamento de saúde da universidade, Howard Koh.

A média dos últimos sete dias é de mais de 2.590 falecimentos por coronavírus. A Covid-19 nos EUA se tornou, desde novembro, a doença que mais mata nos Estados Unidos.

A Covid-19  nos EUA está à frente do câncer, doenças cardíacas, acidentes de trânsito e problemas crônicos respiratórios.

Biden e Covid-19

Para tentar conter a disseminação da Covid-19 nos EUA, o presidente eleito Joe Biden deve instituir, assim que tomar posse,  o uso mandatório de máscara por 100 dias. Também faz parte dos planos de Biden distribuir 100 milhões de doses da vacina para a população.

Essa semana, a vacina do novo coronavírus desenvolvida pela Moderna deverá ser registrada nos Estados Unidos. O imunizante da Pfizer já começou a ser aplicado. “Mesmo com as vacinas, precisamos de um plano nacional para conter a doença em 2021”, disse Koch.

Os especialistas acreditam que a pandemia poderá diminuir a expectativa de vida nos Estados Unidos. Hoje, o país responde por 19% das mortes mundiais causadas pela Covid-19.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.